- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Covid-19 Covid-19: Angola anuncia 62 novas infecções nas últimas 24 horas

Covid-19: Angola anuncia 62 novas infecções nas últimas 24 horas

Sessenta e dois novos casos positivos, um óbito e 11 recuperações foram registados, nas últimas 24 horas, em Angola.

De acordo com o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, que fazia a actualização de dados, entre os novos infectados estão dois registados em Cabinda e 60 em Luanda.

A lista dos novos pacientes é composta por 31 do sexo masculino e igual número do sexo feminino, com idades compreendidas entre um e 80 anos.

Já o óbito, avançou, foi registado na província do Huambo.

Franco Mufinda adiantou que a capital angolana (Luanda) acumula 92 por cento de todos os casos positivos no país.

Em relação a taxa de letalidade, frisou que o Huambo lidera o quadro com 33 por cento.

A taxa nacional, avançou, é de 4 por cento.

As províncias da Huíla, Lunda Norte e do Uíge apresentam-se com todos os doentes recuperados. Angola contabiliza 3.279 casos positivos, 131 óbitos, 1.288 recuperados e 1.860 activos.

Dos activos, três estão críticos com ventilação mecânica invasiva, 25 graves, 46 moderados, 52 apresentam sintomas leves e 1.734 assintomáticos.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -

ONG denuncia violência policial contra manifestantes

A polícia angolana confirma que reteve 13 participantes da marcha do desemprego em Luanda, no fim de semana, mas nega agressões. ONG Friends of...
- Publicidade -

Angola assinala dia nacional do trabalhador da saúde sob protestos da classe

Angola assinalou esta sexta-feira, 25 de Setembro, o Dia Nacional do Trabalhador da Saúde, em homenagem ao médico nacionalista Américo Boavida, que participou...

Irão apresenta novo míssil balístico naval com alcance de mais de 700 quilómetros

O novo míssil, chamado Zolfaqar Basir, foi apresentado neste domingo (27) pelo Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês). O míssil...

João Lourenço: Três anos de governação em Angola e vários “tiros no pé”

Recuo na implementação das autarquias, incumprimento da promessa dos 500 mil empregos e da formação de Governo inclusivo, são algumas críticas apontadas ao Presidente...

Notícias relacionadas

ONG denuncia violência policial contra manifestantes

A polícia angolana confirma que reteve 13 participantes da marcha do desemprego em Luanda, no fim de semana, mas nega agressões. ONG Friends of...

Angola assinala dia nacional do trabalhador da saúde sob protestos da classe

Angola assinalou esta sexta-feira, 25 de Setembro, o Dia Nacional do Trabalhador da Saúde, em homenagem ao médico nacionalista Américo Boavida, que participou...

Irão apresenta novo míssil balístico naval com alcance de mais de 700 quilómetros

O novo míssil, chamado Zolfaqar Basir, foi apresentado neste domingo (27) pelo Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês). O míssil...

João Lourenço: Três anos de governação em Angola e vários “tiros no pé”

Recuo na implementação das autarquias, incumprimento da promessa dos 500 mil empregos e da formação de Governo inclusivo, são algumas críticas apontadas ao Presidente...

Perito sugere reestruturação das Forças Armadas de Moçambique

O especialista em segurança Énio Chingotuane alerta que Moçambique reagiu tarde ao terrorismo. Por isso, defende a reestruturação profunda das Forças Armadas, mais investimento...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.