- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo América do Sul Ex-vice-presidente do Paraguai é sequestrado e governo vê 'forte conotação política' no...

Ex-vice-presidente do Paraguai é sequestrado e governo vê ‘forte conotação política’ no crime

O ex-vice-presidente do Paraguai Óscar Denis, de 74 anos, sofreu um sequestro nesta quarta-feira (9) no departamento de Concepción, cerca de 500 quilómetros de Assunção.

O veículo de Óscar Denis foi encontrado por funcionários de sua fazenda com as portas abertas e panfletos do autodenominado Exército do Povo Paraguaio (EPP), grupo armado fundado em 2008.

O carro do ex-vice-presidente foi deixado cerca de 20 quilómetros de distância do local onde, em dois de Setembro, houve um conflito armado entre o EPP com a Força Tarefa Conjunta (JTF) que deixou duas meninas de 11 anos mortas.

O ministro do Interior paraguaio, Euclides Acevedo Candia, foi a Concepción e disse, conforme publicou a pasta, que se trata de um crime de “fortes conotações políticas”.

“É um homem que participou dos aparatos produtivos da República, de prestígio no departamento [de Concepción]. Portanto, o seu sequestro tem uma grande conotação política”, afirmou.

Para o ministro, o importante é resgatar Óscar Denis com vida.

“Para nós é prioritário recuperar o ex-vice-presidente vivo, por isso apoiamos a entrevista colectiva das filhas do ex-vice-presidente, no sentido de conhecer o seu estado de saúde actual, de forma que possa resguardar a saúde delicada do compatriota Óscar Denis”, disse o ministro Euclides Acevedo.

Segundo o ministro, foi encontrado no veículo uma fotografia que mostra a relação dos sequestradores com o EPP.

“O folheto foi encontrado com uma fotografia pertencente ao Exército do Povo Paraguaio (EPP)”, completou.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.