- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Ásia China e Índia selam acordo para evitar escalada em região fronteiriça

China e Índia selam acordo para evitar escalada em região fronteiriça

O ministro das Relações Exteriores da China e seu homólogo indiano assinaram um comunicado conjunto expressando o desejo de reduzir a tensão nas regiões fronteiriças.

No texto, publicado nas primeiras horas desta sexta-feira (11), os chanceleres Wang Yi e Subrahmanyam Jaishankar, respectivamente, concordaram que “a situação actual na zona fronteiriça não é do interesse de nenhuma das partes”.

Os dois países “devem cumprir os acordos e regulamentos existentes sobre assuntos fronteiriços, manter a paz e a tranquilidade nestas áreas e evitar qualquer acção que possa agravar a situação”, afirmaram.

Quanto às tropas enviadas por ambas as partes para as áreas fronteiriças, os ministros concordaram que “devem continuar seu diálogo, retirar-se rapidamente, manter a distância adequada e aliviar as tensões”.

“À medida que a situação melhorar, as duas partes devem acelerar o trabalho para concluir novas medidas de fomento da confiança para manter e melhorar a paz e a tranquilidade nas zonas fronteiriças”, cita comunicado.
A reunião entre os dois ministros decorreu em Moscovo, onde participaram de uma reunião de chanceleres dos países-membros da Organização de Cooperação de Xangai.

Os conflitos de fronteira têm sido frequentes nas relações entre Nova Deli e Pequim, uma vez que os países não têm uma fronteira demarcada. As relações tinham demonstrando uma piora nos últimos meses, tendo atingido o pico em 19 de Junho, quando ocorreu um confronto entre as tropas dos dois países na área fronteiriça disputada que provocou diversos mortos.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -

“Eleições credíveis em Moçambique passam por despolitização e profissionalização da CNE”

Instituto Eleitoral para a África Austral defende profissionalização da CNE para credibilizar as eleições em Moçambique. Organizações eleitorais querem que partidos integrem a comissão...
- Publicidade -

Com queda na média, Brasil tem 335 mortes por Covid em 24 horas

O Brasil registrou neste domingo (27) 335 mortes causadas pelo novo coronavírus e 13.800 novos casos confirmados nas últimas 24 horas. Ao todo, mais...

Covid-19: Angola notifica 82 novos casos e 85 recuperações

O quadro estatístico nacional registou, nas últimas 24 horas, mais 82 novas infecções, quatro óbitos e 85 pacientes recuperados. Dos novos casos, segundo o secretário...

Uíge: Bloco Operatório paralisado desde a construção em 2015

O bloco operatório do Hospital Municipal do Uíge, localizado no bairro Candombe Velho, não funciona desde 2015, por falta de cirurgião, revelou ao Jornal...

Notícias relacionadas

“Eleições credíveis em Moçambique passam por despolitização e profissionalização da CNE”

Instituto Eleitoral para a África Austral defende profissionalização da CNE para credibilizar as eleições em Moçambique. Organizações eleitorais querem que partidos integrem a comissão...

Com queda na média, Brasil tem 335 mortes por Covid em 24 horas

O Brasil registrou neste domingo (27) 335 mortes causadas pelo novo coronavírus e 13.800 novos casos confirmados nas últimas 24 horas. Ao todo, mais...

Covid-19: Angola notifica 82 novos casos e 85 recuperações

O quadro estatístico nacional registou, nas últimas 24 horas, mais 82 novas infecções, quatro óbitos e 85 pacientes recuperados. Dos novos casos, segundo o secretário...

Uíge: Bloco Operatório paralisado desde a construção em 2015

O bloco operatório do Hospital Municipal do Uíge, localizado no bairro Candombe Velho, não funciona desde 2015, por falta de cirurgião, revelou ao Jornal...

Presidente Trump refuta denúncias de que pagou 750 dólares de impostos pessoais em 2016 e 2017

O Presidente Donald Trump pagou apenas 750 dólares em impostos de federais no ano em que concorreu à Presidência, 2016, e no seu primeiro...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.