- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Vida Saúde Ordem dos Médicos reclama não ser tida em conta na gestão da...

Ordem dos Médicos reclama não ser tida em conta na gestão da Covid-19

A bastonária, Elisa Gaspar, disse em exclusivo a OPAÍS que desde o início de funções da Comissão Multisectorial de Combate e Prevenção a Pandemia da Covid-19, a mesma “nunca solicitou ou convidou a Ordem para alguma contribuição técnica e científica”.

A responsável da agremiação sócio-profissional dos médicos angolanos teceu estas considerações na tarde de 7 de Setembro, à margem do pronunciamento da instituição sobre as circunstâncias da morte do médico Sílvio Dala, ao que se diz ocorrida em sede de uma esquadra policial, no passado dia 1 de Setembro.

“A Ordem indicou um colega (presidente do colégio de medicina legal) para estar presente na autópsia. Assistiu e fez um relatório que, ainda não chegou porque tem trâmites legais. A Ordem é uma instituição e os colegas que fizeram a autópsia também são outra. Então estamos a aguardar que mandem o laudo para podermos realmente ver o que é que se passou”, garantiu, Elisa Gaspar.

Depois de tomar contacto com o laudo, a Ordem dos Médicos de Angola (ORMED) assegura que estará em melhores condições para emitir “um parecer, porque não podemos fazer juízos sem realmente estarmos documentados”, afirmou.

A bastonária “lamenta a morte do profissional que é, antes de tudo, um ser humano que se vai para além de já sermos poucos e que com a pandemia estarmos a trabalhar 24/24h”. Quanto ao uso de máscaras faciais, reitera, “as máscaras cansam e para profissionais que as usam durante o seu labor, pior ainda”.

Por outro lado, a bastonário tinha dito ainda que cientificamente está provado que dentro do carro e sozinho não há grandes probabilidades de infectar alguém ou infectarmo-nos a nós mesmos”.

Importa frisar que, ontem, durante a conferência de imprensa, o ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, disse que no novo Decreto de Situação de Calamidade, que entra em vigor hoje, as máscaras continuam a ser de uso obrigatório, com excepção para quem estiver no interior da viatura sozinho.

Referindo-se a não inclusão da Ordem na gestão de uma situação que envolve quase em toda a sua dimensão profissionais de saúde, incluindo os médicos, Elisa Gaspar lamentou o facto de a ORMED não ter sido “tida em conta”. “Devem consultar os órgãos.

A Ordem devia estar presente em todos os órgãos dentro desta Comissão Interministerial de Luta contra a Covid-19, para poder ver estas questões. A Ordem tem os colégios todos de especialidade. Há questões que deviam ser estes órgãos de especialidade a ditar e não outras pessoas.

Já estivemos a conversar com os colégios todos e nenhum deles recomendou que as pessoas dentro dos carros e sozinhas, por exemplo, devessem usar máscaras”, afirmou a bastonária. (O País)

 

- Publicidade -
- Publicidade -

Portos devem servir para transbordo de mercadorias em África

O ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, declarou esta quarta-feira ser pretensão do governo fazer dos portos angolanos verdadeiras plataformas logísticas regionais, para o transbordo...
- Publicidade -

ONU acusa Venezuela de “possíveis crimes contra a humanidade”

Investigadores das Nações Unidas acusam o Presidente da Venezuela e outras figuras do Estado de terem cometido "possíveis crimes contra a humanidade". As acusações...

Moçambique: Dois ataques contra autocarros em Sofala atribuídos à Junta Militar da Renamo

Homens armados protagonizaram na manhã desta quinta-feira, 17 de Setembro, dois novos ataques na estrada nacional N°6, na província de Sofala, provocando sete feridos...

Última Hora: Túnel da Avenida João XXI em Lisboa cortado devido a incêndio

O Túnel da Avenida João XXI, em Lisboa, está hoje de manhã cortado ao trânsito nos dois sentidos devido a um incêndio num posto...

Notícias relacionadas

Portos devem servir para transbordo de mercadorias em África

O ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, declarou esta quarta-feira ser pretensão do governo fazer dos portos angolanos verdadeiras plataformas logísticas regionais, para o transbordo...

ONU acusa Venezuela de “possíveis crimes contra a humanidade”

Investigadores das Nações Unidas acusam o Presidente da Venezuela e outras figuras do Estado de terem cometido "possíveis crimes contra a humanidade". As acusações...

Moçambique: Dois ataques contra autocarros em Sofala atribuídos à Junta Militar da Renamo

Homens armados protagonizaram na manhã desta quinta-feira, 17 de Setembro, dois novos ataques na estrada nacional N°6, na província de Sofala, provocando sete feridos...

Última Hora: Túnel da Avenida João XXI em Lisboa cortado devido a incêndio

O Túnel da Avenida João XXI, em Lisboa, está hoje de manhã cortado ao trânsito nos dois sentidos devido a um incêndio num posto...

Viaduto do Cazenga é inaugurado hoje

O viaduto Luanda/Cazenga, localizado entre os distritos urbanos do Rangel e do Tala-Hady, na capital do país, será inaugurado hoje, sexta-feira, 18 de Setembro,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.