- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Ásia Covid-19: Médico chinês homenageado por Xi Jinping proclama vitória do país sobre...

Covid-19: Médico chinês homenageado por Xi Jinping proclama vitória do país sobre o surto

O principal médico especialista em doenças respiratórias da China disse hoje que este país asiático “derrotou o surto actual” do novo coronavírus, durante uma cerimónia em que celebrou a vitória na erradicação da covid-19.

“Derrotámos o surto actual”, proclamou Zhong Nanshan, que foi distinguido pelo Presidente chinês, Xi Jinping.

O médico avisou, no entanto, que o país não pode baixar a guarda.

Zhang ficou conhecido em 2003 pela sua contribuição na luta contra a SARS – síndrome respiratória aguda grave -, um outro coronavírus que atingiu a China então.

O especialista defendeu a cooperação médica internacional e enfatizou a necessidade de uma maior contribuição da China para a saúde global.

Durante a cerimónia, no Grande Palácio do Povo, em Pequim, três outros especialistas, além de Zhong, receberam a medalha e título “Heróis do Povo”. Dezenas de funcionários da saúde também receberam títulos honorários do Partido Comunista Chinês.

Mais da metade da cerimónia consistiu num discurso de Xi Jinping.

“A covid-19 apanhou-nos a todos de surpresa”, disse o Presidente chinês, que revisou as medidas tomadas pelo seu país desde o início da pandemia, a fim de conter a propagação.

Xi lembrou que a China é “a primeira grande economia a retornar ao crescimento económico” e mencionou a contribuição do país asiático na partilha de equipamento de protecção e conhecimento científico com o resto do mundo, onde continuam a haver suspeitas sobre a gestão inicial do surto por parte das autoridades chinesas.

Xi Jinping voltou a defender que a China comunicou o mais rápido possível o surto à Organização Mundial da Saúde e defendeu que ainda há trabalho a ser feito: “Uma vitória completa exige esforço contínuo”.

Durante a cerimónia realizou-se um minuto de silêncio dedicado aos mortos pela doença.

A cerimónia ocorreu no mesmo dia em que a Comissão Nacional de Saúde da China garantiu que não há actualmente um único local entre os 175 casos de infecção activa com o novo coronavírus, detalhando que todos são viajantes oriundos do exterior.

A fonte detalhou que, até à última meia-noite local (17 horas, em Lisboa), havia 175 casos activos na China, entre os quais dois em estado grave. Todos os casos foram diagnosticados entre viajantes oriundos do exterior, conhecidos como casos “importados”.

Desde o início da pandemia, a China registou 85.144 infectados e 4.634 mortos devido à covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

- Publicidade -
- Publicidade -

Supertaça da Alemanha: Bayern Munique festeja um quíntuplo

Os campeões dos campeões bateram o Borussia Dortmund por 3-2 e conquistaram o quinto título no ano de 2020. Quíntuplo! O Bayern Munique conquistou o...
- Publicidade -

Nyusi anuncia “aperto” das medidas contra Covid-19

Todas as camas de cuidados intensivos em Maputo estão ocupadas, alertou o Presidente Filipe Nyusi. Em Moçambique já foram registados mais 8.700 casos de...

Supremo francês confirma envio de Kabuga para tribunal da ONU

O Supremo Tribunal francês rejeitou o recurso de Félicien Kabuga, acusado de financiar o genocídio de tutsis no Ruanda, validando assim o julgamento internacional. Na...

SINPROF rejeita regresso às aulas

O Sindicato Nacional dos Professores de Angola, SINPROF, rejeitou hoje o programado regresso às aulas na segunda-feira afirmando não existirem condições para garantir a...

Notícias relacionadas

Supertaça da Alemanha: Bayern Munique festeja um quíntuplo

Os campeões dos campeões bateram o Borussia Dortmund por 3-2 e conquistaram o quinto título no ano de 2020. Quíntuplo! O Bayern Munique conquistou o...

Nyusi anuncia “aperto” das medidas contra Covid-19

Todas as camas de cuidados intensivos em Maputo estão ocupadas, alertou o Presidente Filipe Nyusi. Em Moçambique já foram registados mais 8.700 casos de...

Supremo francês confirma envio de Kabuga para tribunal da ONU

O Supremo Tribunal francês rejeitou o recurso de Félicien Kabuga, acusado de financiar o genocídio de tutsis no Ruanda, validando assim o julgamento internacional. Na...

SINPROF rejeita regresso às aulas

O Sindicato Nacional dos Professores de Angola, SINPROF, rejeitou hoje o programado regresso às aulas na segunda-feira afirmando não existirem condições para garantir a...

Alexei Navalny acusa Putin de envenenamento

De acordo com um extracto da entrevista ao Der Spiegel, que vai ser publicada esta quinta-feira, Alexei Navalny diz que "Putin está por detrás...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.