- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Música Tributo especial a Bonga num concerto em Lisboa

Tributo especial a Bonga num concerto em Lisboa

Um dia após a comemoração do 78º aniversário de Bonga Kwenda, que se comemora amanhã, a Frequentaplauso realiza, domingo, a partir das 21h30, no Teatro Capitólio, em Lisboa, um concerto em homenagem ao embaixador da música angolana.

Nesta homenagem a Bonga, a produção que assegurou a presença de muitas surpresas, confirmou as participações dos artistas Yuri da Cunha e Don Kikas. De acordo com uma nota, chegada à nossa redacção, do produtor executivo da Frequentaplauso, Ricardo Santos, “Bonga sobe ao palco para relembrar alguns dos seus grandes êxitos, numa noite que promete emocionar os presentes que queiram desfrutar do ambiente com o que melhor o caracteriza e define, a música.

Está a ser preparada uma festa imperdível na qual se comemorará a vida deste grande embaixador da música angolana, enquanto se presta uma merecida homenagem num tributo ao artista”. À semelhança do concerto “3G do Semba”, os angolanos poderão acompanhar o show deste domingo pela transmissão televisiva da TPA e nas plataformas digitais da Frequentaplauso e Platinaline, e, em Moçambique, pela Media Mais.

Yuri da Cunha tem uma relação muito forte com o autor de “Recados de fora”, que está registada no tema “Obrigado Bonga Kwenda”, enquanto Don Kikas tem uma parceria em “1900 e Kabuza”, uma das suas primeiras apostas no semba. Ambos têm aprendido muito com o “Muadiakime” (mais velho) e em determinados momentos trabalham com instrumentistas como: Betinho Feijó, Galiano Neto, Carlitos Chiema e outros.

Bonga fechou o ano passado com dois espectáculos em Luanda, nomeadamente no Show do Mês, no Centro de Conferências de Belas (CCB), e no Muzonguê da Tradição, no Centro Recreativo e Cultura Kilamba.

Em Dezembro, em declarações ao Jornal de Angola, Bonga garantiu que estava a preparar o seu próximo disco que não fugiria as suas vivências do musseque, que ao longo da carreira tem levado para o mundo sem preconceito.

José Adelino Barceló de Carvalho, Bonga Kwenda (pegou e andou), nasceu a 5 de Setembro de 1942, em Porto Kipiri, município do Dande, província do Bengo. Tem vários prémios nacionais e internacionais conquistados com destaque para a Medalha de Bravura e de Mérito Cívico Social de, 1ª Classe, outorgado pelo Presidente da República, João Lourenço, em 2018, o Prémio Nacional de Cultura e Artes, na discplina da música, em 2010, e o Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras pelo Governo Francês, em 2014.

Depois de conquistar as pistas de atletismo, deu continuidade àquilo que trazia do movimento cultural dos musseques. O antigo integrante da “Turma dos Kissueias”, conta com quase meia centena de obras discográficas de originais e temas em trilhas sonoras de vários filmes.

No seu repertório, tem sucessos como “Balumuka“, “Paxi Ni Ngongo”, “Kamacove”, “Homem do Saco”, “Marika”, “Kisselenguenha”, “Fruta de Vontade”, “Kambuá”, “Sambila”, “Jingonça” e “Mona Ki Ngi Xiça”, numa discografia iniciada com o LP “Angola 72“ e num ciclo que aguarda o sucessor de “Recados de Fora”, de 2016.

- Publicidade -
- Publicidade -

Conferência Internacional de Arbitragem aborda ‘Resolução de conflitos em tempos de mudança’

Adicionalmente, em formato de workshop, será abordada a Resolução de Disputas no Desporto Profissional. Resolução de Conflitos em Tempos de Mudança é o tema fulcral...
- Publicidade -

TPA apresenta reportagens sobre corrupção em Angola

A Televisão Pública de Angola (TPA) iniciou, na segunda-feira, a apresentação de uma série de 11 reportagens intituladas “O Banquete”, que mostra como altas...

Morreu Diego Maradona, avança a imprensa argentina

Antiga estrela do futebol tinha 60 anos. A antiga estrela do futebol mundial, Diego Armando Maradona, morreu esta quarta-feira aos 60 anos, avança a imprensa argentina. Maradona,...

Músico Teta Lágrimas aponta aumento da qualidade no produto musical angolano (Vídeo Fair Play)

Membro de uma família de músicos, que desde criança se apaixonou pela arte, Teta Lágrimas considera que a música angolana ganhou muito nos últimos...

Notícias relacionadas

Conferência Internacional de Arbitragem aborda ‘Resolução de conflitos em tempos de mudança’

Adicionalmente, em formato de workshop, será abordada a Resolução de Disputas no Desporto Profissional. Resolução de Conflitos em Tempos de Mudança é o tema fulcral...

TPA apresenta reportagens sobre corrupção em Angola

A Televisão Pública de Angola (TPA) iniciou, na segunda-feira, a apresentação de uma série de 11 reportagens intituladas “O Banquete”, que mostra como altas...

Morreu Diego Maradona, avança a imprensa argentina

Antiga estrela do futebol tinha 60 anos. A antiga estrela do futebol mundial, Diego Armando Maradona, morreu esta quarta-feira aos 60 anos, avança a imprensa argentina. Maradona,...

Músico Teta Lágrimas aponta aumento da qualidade no produto musical angolano (Vídeo Fair Play)

Membro de uma família de músicos, que desde criança se apaixonou pela arte, Teta Lágrimas considera que a música angolana ganhou muito nos últimos...

Angola com reservas internacionais líquidas de 8,4 mil milhões dólares

Angola possui 8.4 mil milhões de dólares norte-americanos de reserva internacional, que cobrem cerca de 11 meses de importações. A informação foi prestada nesta terça-feira...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.