- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Granadas e vários tiros em acção de combate com militares portugueses na...

Granadas e vários tiros em acção de combate com militares portugueses na República Centro-Africana

Foram divulgadas imagens de uma acção de combate entre militares portugueses e um grupo rebelde, na República Centro-Africana (RCA).

Os militares lançaram granadas para um acampamento rebelde. Seguiram-se vários disparos, num tiroteio que durou cerca de três horas.

Apesar da longa duração, apenas dois tanques da força portuguesa foram atingidos e nenhum militar envolvido na acção ficou ferido.

Na operação, foram apreendidos equipamentos de comunicações e armamento.

Portugal está presente na República Centro-Africana desde o início de 2017, no quadro da MINUSCA (Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana), uma missão que visa conquistar território controlado por grupos rebeldes e proteger os civis.

Actualmente há 180 militares portugueses – a maioria paraquedistas – naquele país.

A RCA caiu no caos e na violência em 2013, depois do derrube do então Presidente, François Bozizé, por grupos armados coligados na designada Séléka, o que suscitou a oposição de outras milícias, agrupadas sob a designação anti-Balaka.

Desde então, o país tem sido palco de confrontos entre estes grupos, que obrigaram quase um quarto dos 4,7 milhões de habitantes a abandonarem as suas casas.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.