- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Docentes universitários voltam a anteriores profissões para sobreviver

Docentes universitários voltam a anteriores profissões para sobreviver

Vários docentes universitários de instituições do ensino superior privado estão a recorrer à prática de anteriores profissões para garantirem a sua sobrevivência, enquanto se mantém a suspensão do pagamento de salários, motivada pela paralisação das aulas para evitar a propagação da Covid-19.

Apesar de uns terem algum rendimento por estarem ligados a outras organizações, os que se dedicam somente à educação vivem dias difíceis para garantirem a sua sobrevivência e não vêem outra saída senão retomar as velhas actividades, como carpintaria, pedreira e actividade de táxi, como acontece com António Pedro, professor de ciência política.

“Desde que comecei a leccionar, há 17 anos, não faço outra coisa e, infelizmente, acabei por, sem querer, abandonar o trabalho de carpintaria, ou seja, deixando para os meus tios e sobrinhos, que continuam na actividade até hoje. Entretanto, não vi outra saída se não regressar à carpintaria para garantir o sustento da minha família”, revela ao Expansão.

Com o salário suspenso desde Março, o docente do Instituto Superior Politécnico Maravilha de Benguela contou que estava a passar por situações difíceis para garantir o básico à família.

Embora não faça parte do grupo de docentes que foram demitidos pela Universidade Metodista de Angola (UMA), outro professor, que pediu o anonimato, está com o salário suspenso e a esposa é a única responsável pelo sustento do lar.

“Quando a situação está mesmo apertada, sou obrigado a realizar actividade de táxi até madrugada para ajudar nas despesas de casa. Portanto, é desta forma que temos garantido a nossa sobrevivência, porque na educação está tudo suspenso e a nossa vida tornou-se mais complicada do que já estava”, lamenta o docente de gestão de marketing.

Agostinho Luimbo, professor de economia do Instituto Superior Metropolitano de Angola, também contou que o sustento da sua família tem sido fruto de muita ginástica, através de outras actividades, como a realização de consultoria.

- Publicidade -
- Publicidade -

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...
- Publicidade -

Reflexões sobre o calendário escolar

Após a realização do diagnóstico sobre o rendimento do Subsistema do Ensino de Base, em 1986, os primeiros sinais de mudança de uma economia...

De números desconhecidos: Burlas por telefone na calada da noite

Edson Cadete disse que alguns amigos aconselharam-no a retomar as chamadas e outros o desencorajaram a fazê-lo. Nós últimos dias cresce o número de pessoas...

Zangam-se as Comadres, Descobrem-se as Verdades!

Empresários nacionais em 2012, segundo o Confidence News, já o denunciavam como sendo, o “homem do Presidente”. Edeltrudes Costa de seu nome, foi vice...

Notícias relacionadas

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...

Reflexões sobre o calendário escolar

Após a realização do diagnóstico sobre o rendimento do Subsistema do Ensino de Base, em 1986, os primeiros sinais de mudança de uma economia...

De números desconhecidos: Burlas por telefone na calada da noite

Edson Cadete disse que alguns amigos aconselharam-no a retomar as chamadas e outros o desencorajaram a fazê-lo. Nós últimos dias cresce o número de pessoas...

Zangam-se as Comadres, Descobrem-se as Verdades!

Empresários nacionais em 2012, segundo o Confidence News, já o denunciavam como sendo, o “homem do Presidente”. Edeltrudes Costa de seu nome, foi vice...

FinCEN Files. Como os grandes bancos facilitaram milhares de milhões de dólares em transferências para criminosos

Mais de dois mil relatórios bancários confidenciais obtidos pelo BuzzFeed News e partilhados com o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), do qual...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.