- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política FNLA Pedido de impugnação entregue ao Tribunal

Pedido de impugnação entregue ao Tribunal

O Secretariado do Bureau Político da FNLA apresentou, ontem, ao Tribunal Constitucional, o pedido de impugnação do despacho do presidente Lucas Ngonda que suspende Pedro Mocombe Dala do cargo de secretário-geral do partido, por alegada violação dos estatutos.

A informação foi prestada, ontem, ao Jornal de Angola, pelo secretário para a Informação da FNLA, Jerónimo Makana, reiterando que o órgão de cúpula do partido está solidário com Pedro Dala, por este ter sido humilhado pelo presidente, em plena conferência de imprensa que serviu para a destituição, e por Lucas Ngonda ter violado normas estatutárias.

Jerónimo Makana explicou que não compete ao presidente suspender o secretário-geral, mas o órgão que o elege: o Comité Central. Fundamenta a tese com o que estabelece o nº1 do artigo 16° e o 33° dos estatutos do partido. O secretariado do órgão de cúpula do “partido dos irmãos” considera que Lucas Ngonda, ao suspender o secretário-geral através de uma conferência de imprensa, violou o disposto na alínea k) do nº 2 do artigo 10° dos estatutos.

A norma diz ser dever do militante dirimir os mal-entendidos que possam surgir no seio do partido através do diálogo directo, franco, permanente e no quadro das estruturas partidárias. O presidente da FNLA suspendeu, na quarta-feira passada, Pedro Dala do cargo de secretário-geral, por alegada traição ao pacto de unidade e reconciliação com vista à reunificação de todas as alas do partido, bem como por ter criado um suposto grupo para destitui-lo da liderança.

“O secretário-geral tem estado a trabalhar para minar a reputação do presidente. Ele tem outro projecto que nada tem a ver com a direcção do partido”, acusou Lucas Ngonda. Jerónimo Makana anunciou, para amanhã, uma conferência de imprensa a ser conduzida pelo secretário-geral suspenso, na qual serão apresentados dados que, alegadamente, provam a inocência de Pedro Dala.

Reagindo à decisão, na semana passada, Pedro Dala acusou Lucas Ngonda de pretender perpetuar-se no poder, pois quer candidatar-se como cabeça de lista nas eleições gerais de 2022, o que violaria o pacto de unidade, que impede nova candidatura do actual líder no próximo congresso.

O político revelou que os sinais de que Ngonda pretendia continuar na liderança começaram a ser sentidos quando,numa reunião da direcção, pediu apoio para o efeito, tendo sido rejeitado.

- Publicidade -
- Publicidade -

Após ser intimado a depor, Boulos diz que sonho de Bolsonaro é ‘transformar PF numa Gestapo’

Guilherme Boulos (PSOL), ao criticar intimação de Polícia Federal para que explique postagens críticas ao presidente, disse que o "sonho" de Bolsonaro é "transformar...
- Publicidade -

Renamo acusa Frelimo de perseguir seus membros e impedir acções políticas no centro de Moçambique

O presidente da Renamo acusa a Frelimo partido no poder de perseguir os seus membros e impedir a realização da actividade política nas províncias...

PCD, partido de convergência democrática em S. Tomé e Príncipe tem novo líder, Danilson Cotu

Danilson Cotu, foi eleito este domingo Presidente do PCD, partido de convergência democrática em S. Tomé e Príncipe. A sua eleição...

MP denuncia Flávio Bolsonaro por corrupção e diz que senador usou R$ 2,7 milhões de ‘rachadinha’

Nesta segunda-feira (28), o Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o senador Flávio Bolsonaro e seu ex-funcionário, Fabrício Queiroz, por diversos crimes, acusando...

Notícias relacionadas

Após ser intimado a depor, Boulos diz que sonho de Bolsonaro é ‘transformar PF numa Gestapo’

Guilherme Boulos (PSOL), ao criticar intimação de Polícia Federal para que explique postagens críticas ao presidente, disse que o "sonho" de Bolsonaro é "transformar...

Renamo acusa Frelimo de perseguir seus membros e impedir acções políticas no centro de Moçambique

O presidente da Renamo acusa a Frelimo partido no poder de perseguir os seus membros e impedir a realização da actividade política nas províncias...

PCD, partido de convergência democrática em S. Tomé e Príncipe tem novo líder, Danilson Cotu

Danilson Cotu, foi eleito este domingo Presidente do PCD, partido de convergência democrática em S. Tomé e Príncipe. A sua eleição...

MP denuncia Flávio Bolsonaro por corrupção e diz que senador usou R$ 2,7 milhões de ‘rachadinha’

Nesta segunda-feira (28), o Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o senador Flávio Bolsonaro e seu ex-funcionário, Fabrício Queiroz, por diversos crimes, acusando...

Catalunha: Quim Torra promete recorrer aos tribunais europeus

Após ter sido notificado da sentença do Supremo Tribunal, ao princípio da tarde, Quim Torra deu uma conferência de imprensa onde descreve a sua...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.