- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Última Hora: Advogada presa morre após 238 dias de greve de fome...

Última Hora: Advogada presa morre após 238 dias de greve de fome na Turquia

A advogada Ebru Timtik morreu após 238 dias em greve de fome, que iniciou para pedir um “julgamento justo” após ser condenada a 13 anos de prisão por pertencer a uma organização terrorista, segundo a Associação de Advogados Progressistas.

“Acabamos de perder a nossa amiga advogada Ebru Timtik, que morreu após 238 dias em jejum para pedir um julgamento justo”, anunciou na noite de quinta-feira a Associação, da qual a advogada era membro, numa publicação na rede social Twitter.

FOI ACUSADA DE PERTENCER A “UMA ORGANIZAÇÃO TERRORISTA”
A advogada turca foi condenada em Março de 2019 a 13 anos e seis meses de prisão por “ser membro de uma organização terrorista” num julgamento polémico e no qual a defesa criticou a falta de acesso às provas e o tribunal aceitou testemunhas anónimas.

A mulher foi condenada juntamente com outros 17 advogados da Associação, contabilizando um total de 159 anos de prisão por ligações com o grupo armado ultra-marxista Partido Frente Revolucionária de Libertação do Povo (DHKP-C).

INICIOU A GREVE DE FOME A 2 DE JANEIRO
Ebru Timtik iniciou uma greve de fome em 2 de Janeiro, seguida um mês depois por outro advogado condenado, Aytaç Ünsal.

Ambos foram hospitalizados no final de Julho depois de um tribunal se ter recusado a libertá-los, apesar de um relatório do Instituto de Medicina Forense de Istambul ter detalhado a sua deterioração física.

Milhares de pessoas enviaram hoje mensagens de condolências pela morte da advogada e criticaram a situação do sistema judicial na Turquia.

“A vontade política interveio e emitiu um mandado para a sua prisão. O pico da injustiça já foi atingido. Não se esqueça que isso pode acontecer consigo amanhã. Não se cale, levante a voz!”, disse a vice-presidente da associação de direitos humanos IHD, Eren Keskin, numa publicação no Twitter.

“Há meses que não ouvem os gritos por um julgamento justo. Taparam os ouvidos e viraram-lhes as costas. Mataram a justiça e a consciência”, disse Erinç Saçkan, presidente da Ordem dos Advogados de Ancara.

É A QUARTA PRISIONEIRA TURCA A MORRER POR GREVE DE FOME
Ebru Timtik é a quarta prisioneira turca a morrer este ano em greve de fome, após a morte de dois músicos da banda Grup Yorum, que exigiam a libertação de sete membros do grupo; e a morte de Mustafa Koçak, que pedia um “julgamento justo”.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Espanha notifica mais de 11 mil novos casos e 177 mortes

O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta quarta-feira, 11.016 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais, de acordo com os meios de...
- Publicidade -

Elefantes agora estão a morrer no Zimbabwe devido a uma bactéria que provoca abundantes hemorragias internas

Depois de ter sido clarificado que mais de 300 elefantes morreram no Botswana devido a uma cianobactéria, que se reproduz especialmente rápido em charcos...

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Notícias relacionadas

Covid-19: Espanha notifica mais de 11 mil novos casos e 177 mortes

O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta quarta-feira, 11.016 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais, de acordo com os meios de...

Elefantes agora estão a morrer no Zimbabwe devido a uma bactéria que provoca abundantes hemorragias internas

Depois de ter sido clarificado que mais de 300 elefantes morreram no Botswana devido a uma cianobactéria, que se reproduz especialmente rápido em charcos...

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Comissão de Reforma da IURD condena e se demarca da falsificação de documentos

A Comissão de Reforma da Igreja Universal em Angola demarcou-se recentemente de actos de irregularidade na tramitação do processo para a certificação da sua...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.