- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono S. Tomé e Príncipe Sindicato de Professores de São Tomé e Príncipe condiciona início do ano...

Sindicato de Professores de São Tomé e Príncipe condiciona início do ano letivo

O secretário-geral do Sindicato dos Professores e Educadores de São Tomé e Príncipe, Gastão Ferreira, reuniu-se com o primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus, na terça-feira, 25, e avisou que promoção dos professores é fundamental para o arranque do ano letivo.

“É preciso que o Governo resolva a questão do enquadramento e promoção dos professores antes da abertura do ano lectivo, no próximo mês de Setembro”, alertou Ferreira, para quem caso tal não aconteça “o arranque do novo ano lectivo poderá ficar condicionado. “

Perante o aviso, a ministra de Educação, Julieta Rodrigues, respondeu estar a “tratar dessas reivindicações junto do Ministério das Finanças”.

“Neste momento estamos a resolver o problema de 220 professores e paulatinamente a questão do enquadramento será ultrapassada“, garantiu Rodrigues.

A ministra informou que, devido à pandemia da Covid-19, o ano lectivo 2020-2021, no primeiro ciclo, irá decorrer em regime especial de três turnos de forma a reduzir o número de alunos nas salas de aula.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.