- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Política Ex-secretário provincial do PRS abandona partido

Ex-secretário provincial do PRS abandona partido

O ex-secretário provincial do Partido de Renovação Social (PRS) na Lunda Norte, Agostinho Muaía, anunciou, hoje, quarta-feira, no Dundo, o abandono da formação política, por alegada violação dos estatutos por parte da direcção de Benedito Daniel.

Em conferência de imprensa, Agostinho Muaía justificou que a pretensão de deixar o partido surgiu em Junho de 2019, quando foi, de forma surpreendente e inexplicavel, destituído do cargo de secretário provincial.

Eleito em Julho de 2018, o ex dirigente acusa o secretário-geral do PRS, Rui Maloba Miguel, de promover ilegalmente uma assembleia de militantes para o destituir sem a mínima observância dos estatutos.

Explicou que os dirigentes do partido alegam como razão da sua destituição, o absentismo demostrado por ele no exercício da sua função, bem como o uso indevido do meio de transporte.

Agostinho Muaía refutou os factos que lhe são imputados, por, na sua opinião, não condizerem com a verdade, tendo referido que os argumentos apresentados pelo secretário-geral do partido visam denegrir a sua imagem, com o objectivo de legitimar o seu afastamento da função máxima do partido.

Considerou ilegal a sua demissão do cargo de secretário provincial, salientando que vai a partir de agora dedicar-se a outras actividades, sobretudo, de natureza desportiva, descartando a possibilidade de aderir a um outro partido, por enquanto.

PRS nega acusações

O presidente do PRS, Benedito Daniel, considerou “infundadas” as acusações de regionalismo, privação de liberdade de expressão e de opinião levantadas pelo ex-secretário provincial do partido na Lunda Norte.

Informou que Agostinho Muaía exerceu o cargo apenas por seis meses e conduziu o partido sem ter em conta as regras estatutárias.

“Encontrou património de três viaturas, destruiu uma, vendeu a segunda e deixou a terceira com problemas”, acusou.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.