- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política Bureau Político do MPLA propõe renovação de 55% nos órgãos colegiais

Bureau Político do MPLA propõe renovação de 55% nos órgãos colegiais

O Bureau Político do MPLA apreciou nesta terça-feira os documentos reitores para a realização do seu VIII (oitavo) congresso ordinário, previsto para Dezembro de 2021, que, entre outros, deverá garantir a renovação em 55 por cento da composição dos órgãos colegiais intermédios e nacional.

O comunicado de imprensa desta III (terceira) reunião ordinária, orientada pelo presidente do partido, João Lourenço, indica que o Bureau Político deliberou para o estabelecimento de uma cifra até 50% do género feminino na composição dos órgãos colegiais intermédios e nacional do MPLA.

A nota destaca também a atribuição de uma cifra de 35% para a representação da juventude, com idade compreendida entre os 18 e os 35 anos.

Entre os documentos fundamentais para o VIII congresso, os membros do Bureau Político também analisaram as condições técnicas, logísticas e materiais, tendo em conta os condicionalismos decorrentes da situação de calamidade devido a pandemia da Covid-19.

Reafirmação da liderança de João Lourenço

A nota de imprensa aponta que o VIII congresso, o primeiro de carácter ordinário orientado por João Lourenço, deverá reafirmar a liderança do seu presidente e preparar o partido para os desafios políticos e eleitorais futuros.

Deverá ainda assegurar a unidade e coesão da organização política, fundada a 10 de Dezembro de 1956.

Jornalista Joana Tomás candidata à SG da OMA

O Bureau Político aprovou a indicação de Joana Tomás para candidata ao cargo de secretária-geral da Organização da Mulher Angolana (OMA), a ser eleita no VII congresso ordinário da organização feminina do MPLA, previsto para Março de 2021.

O cargo é ocupado desde 1999 por Luzia Inglês Van-dúnem, de 72 anos de idade.

II secretários provinciais

A reunião aprovou também as propostas de provimento dos cargos de segundos secretários dos comités provinciais do MPLA no Cuando Cubango, Cunene, Cuanza Sul, Huambo, Luanda e Uíge, respectivamente, por Carla Maria Cativa, Gonçalves Namweya, Agostinho Domingos Cassessa, Augusto Chimuco Samucambo, Nelson Funete e Pedro Augusto Conga.

MPLA demarca-se de poster’s que excluem José Eduardo dos Santos

O Bureau Político condenou “veementemente” a afixação de poster’s, no âmbito das comemorações dos 45 anos da independência nacional, contendo fotografias dos Presidentes da República e que omitem a imagem de José Eduardo dos Santos.

“Demarca-se de tais iniciativas por contrariarem os princípios políticos e democráticos vigentes no MPLA”, relembrando que José Eduardo dos Santos, Presidente Emérito do MPLA, “ocupa um lugar privilegiado” na história de Angola e da organização partidária.

O órgão directivo do MPLA “condena veementemente todas as iniciativas que tendem a dividir os militantes, simpatizantes e amigos do partido”.

O Bureau Político inteirou-se ainda do memorando para a realização da reunião extraordinária do Comité Provincial da JMPLA do Cunene para a eleição do novo primeiro secretário provincial da organização juvenil, em que concorrem Marcelino dos Santos Guilherme e Ireno Nauta Domingos Nambalo.

A III Reunião do Bureau Político decorreu em observância das normas e regras determinadas pelas autoridades sanitárias no combate contra a pandemia da Covid-19, tendo os membros residentes fora da capital, Luanda, participado por vídeo-conferência.

Dizem os Estatutos do MPLA que o Bureau Político é o organismo permanente da direcção do Partido que delibera no intervalo das reuniões do Comité Central e se ocupa dos ajustamentos pontuais das estratégias do Partido.

- Publicidade -
- Publicidade -

Supertaça da Alemanha: Bayern Munique festeja um quíntuplo

Os campeões dos campeões bateram o Borussia Dortmund por 3-2 e conquistaram o quinto título no ano de 2020. Quíntuplo! O Bayern Munique conquistou o...
- Publicidade -

Nyusi anuncia “aperto” das medidas contra Covid-19

Todas as camas de cuidados intensivos em Maputo estão ocupadas, alertou o Presidente Filipe Nyusi. Em Moçambique já foram registados mais 8.700 casos de...

Supremo francês confirma envio de Kabuga para tribunal da ONU

O Supremo Tribunal francês rejeitou o recurso de Félicien Kabuga, acusado de financiar o genocídio de tutsis no Ruanda, validando assim o julgamento internacional. Na...

SINPROF rejeita regresso às aulas

O Sindicato Nacional dos Professores de Angola, SINPROF, rejeitou hoje o programado regresso às aulas na segunda-feira afirmando não existirem condições para garantir a...

Notícias relacionadas

Supertaça da Alemanha: Bayern Munique festeja um quíntuplo

Os campeões dos campeões bateram o Borussia Dortmund por 3-2 e conquistaram o quinto título no ano de 2020. Quíntuplo! O Bayern Munique conquistou o...

Nyusi anuncia “aperto” das medidas contra Covid-19

Todas as camas de cuidados intensivos em Maputo estão ocupadas, alertou o Presidente Filipe Nyusi. Em Moçambique já foram registados mais 8.700 casos de...

Supremo francês confirma envio de Kabuga para tribunal da ONU

O Supremo Tribunal francês rejeitou o recurso de Félicien Kabuga, acusado de financiar o genocídio de tutsis no Ruanda, validando assim o julgamento internacional. Na...

SINPROF rejeita regresso às aulas

O Sindicato Nacional dos Professores de Angola, SINPROF, rejeitou hoje o programado regresso às aulas na segunda-feira afirmando não existirem condições para garantir a...

Alexei Navalny acusa Putin de envenenamento

De acordo com um extracto da entrevista ao Der Spiegel, que vai ser publicada esta quinta-feira, Alexei Navalny diz que "Putin está por detrás...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.