- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política MPLA MPLA preocupado com a crise interna na Igreja Universal do Reino de...

MPLA preocupado com a crise interna na Igreja Universal do Reino de Deus

O Secretariado do Bureau Político do MPLA analisou, nesta segunda-feira, em Luanda, a crise interna na Igreja Universal do Reino (IURD) em Angola, e encorajou as autoridades angolanas ao cumprimento rigoroso da Lei e defesa da soberania nacional.

O assunto fez parte da agenda da 8ª reunião ordinária do Órgão Executivo do MPLA, orientada pela vice-presidente do MPLA, Luísa Damião.

A crise da IURD resulta de profundas divergências entre pastores e bispos angolanos e brasileiros sobre a gestão dessa instituição religiosa, que deu lugar à criação de uma Comissão de Reforma, liderada por membros da igreja, de nacionalidade angolana.

O problema instalou-se a 28 de Novembro de 2019, depois da divulgação de um manifesto crítico à direcção da igreja no Brasil.

Os principais factores do conflito que saltam à vista são a exigência da prática da vasectomia a pastores angolanos, abortos forçados, racismo, alienação de mais de metade do património da igreja e branqueamento de capitais.

O manifesto denuncia ainda supostas práticas de evasão de divisas para o exterior do país, a falsificação da acta de eleição de órgãos sociais da IURD, a emissão de procurações com plenos poderes a cidadãos brasileiros para exercer actos reservados à assembleia-geral.

O conflito agudizou-se em Junho deste ano, quando pastores e bispos angolanos e brasileiros se envolveram numa intensa troca de acusações e agressões físicas.

Desde a ocorrência, registada em diversas províncias do país, a Comissão de Reforma assumiu o controlo de dezenas de templos da igreja fundada pelo bispo Edir Macedo.

No último fim-de-semana, a Procuradoria Geral da República apreendeu vários templos da IURD em Luanda, que ficam interditados até parecer final das autoridades sobre as investigações.

Entretanto, segundo o comunicado de imprensa da sessão, chegado à Angop, o Secretariado do Bureau Político aprovou ainda, na reunião desta segunda-feira, o plano de formação de quadros para o período 2020-2022 e apreciou

A estratégia de realização da reunião metodológica nacional sobre a organização do trabalho da JMPLA.

A sessão desta segunda-feira serviu, igualmente, para analisar o parecer sobre a proposta da indicação de Elisa Solange de Almeida Paxe, para o preenchimento da vaga de secretária provincial interina da OMA na Lunda Norte.

O comunicado, a que a Angop teve acesso, refere que o Secretariado do Bureau Político do MPLA anuiu ao plano de realização de ciclos de conferências sobre a cidadania, no intuito de contribuir para sensibilizar e estimular a participação cívica e política dos cidadãos na vida pública.

Na reunião de hoje mereceu aprovação a nomeação de Augusto Filipe da Conceição Rogério, para o cargo de chefe de divisão para a política social do Departamento de Política Social do Comité Central.

O Secretariado do Bureau Político congratulou-se com os festejos do aniversário da proclamação da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), fazendo votos para que se redobrem esforços visando a efectiva integração regional.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...
- Publicidade -

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Notícias relacionadas

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Migrantes ilegais fogem de quartel em Tavira

Um grupo de 17 migrantes ilegais fugiu, durante a madrugada desta quinta-feira, do quartel do exército, em Tavira. Oito já foram capturados pelas autoridades, sendo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.