- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Alívio económico: Empresários pedem mais apoio para reduzir impacto da pandemia

Alívio económico: Empresários pedem mais apoio para reduzir impacto da pandemia

A Federação das Associações Empresariais de Luanda (FAEL) pede ao Executivo mais apoio, para minimizar as dificuldades que os associados enfrentam desde o início da pandemia do novo coronavírus no país, no mês de Março.

Em declarações ao Jornal de Angola, o presidente da agremiação, José Ganga, explicou que os associados estão a viver imensas dificuldades, principalmente neste período de Calamidade Pública, devido às fortes restrições impostas pela pandemia.

Para o responsável, as medidas de alívio económico implementadas pelo Executivo não estão a beneficiar as micro, pequenas e médias empresas, mas somente as grandes firmas, sublinhando que as dificuldades vêem-se agravando a cada dia.

José Ganga cita, como exemplo, as dificuldades que os associados enfrentam no acesso ao crédito bancário, aos títulos de propriedade e ao direito de superfície. Por isso, apelam ao Governo para a realização de um trabalho conjunto, com vista à criação de um ambiente de negócios inclusivo.

No âmbito da formação, o gestor avança que a FAEL manteve contactos com algumas entidades, como o Governo de Luanda e com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento

(PNUD), para angariação de apoios. “Tivemos um encontro com o Gabinete de Desenvolvimento Económico de Luanda e participamos em dois ‘webinares’ orientados pelo PNUD e num encontro presencial, onde apresentamos as nossas propostas orientadas para a perspectiva sanitária, económica e de protecção social”, disse o responsável.

José Ganga espera que os apoios solicitados ao PNUD sejam concretizados, para incorporar a tecnologia no processo produtivo, visando a criação de mais emprego para jovens e a mobilização de mais impostos para o Estado, na perspectiva de garantir-se o bem-estar para as famílias.

No que toca aos projectos, o responsável disse que a agremiação está empenhada na criação de uma caixa comunitária, que vai servir de garantia bancária para a viabilização do micro crédito para pequenas e médias empresas.

Sublinhou que o sector hoteleiro é o que está a ser mais afectado com as restrições, devido ao reduzido número de clientes, o que tem originado o despedimento de trabalhadores em massa.

Fundada em Novembro de 2015, a Federação das Associações Empresariais de Luanda congrega 18 associações empresariais, nos domínios da Agricultura, Indústria e Comércio e Restauração.

- Publicidade -
- Publicidade -

Caso 900 milhões: Irene Neto, filha de Agostinho Neto, com contas congeladas e bens apreendidos em Angola

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou hoje ao Novo Jornal que as contas de Irene Neto, filha do primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto,...
- Publicidade -

Sector da Cultura incentiva gosto pela literatura

O Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos de Luanda e a organização Clin Carlos procederam nesta quinta-feira ao lançamento de um torneio...

Cabo Verde: Apenas duas mulheres lideram listas nas “autárquicas” de Outubro

Em Cabo Verde, nas oitavas eleições autárquicas, de 25 de outubro, estão apenas garantidas duas listas encabeçadas por mulheres à Câmara Municipal. Na Praia capital,...

Turismo é sustentado por nacionais em cerca de 70 por cento

O turismo internacional em Angola tem sofrido uma retracção, quer em termos de solicitações, quer de receitas, segundo a revista do Programa de Apoio...

Notícias relacionadas

Caso 900 milhões: Irene Neto, filha de Agostinho Neto, com contas congeladas e bens apreendidos em Angola

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou hoje ao Novo Jornal que as contas de Irene Neto, filha do primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto,...

Sector da Cultura incentiva gosto pela literatura

O Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos de Luanda e a organização Clin Carlos procederam nesta quinta-feira ao lançamento de um torneio...

Cabo Verde: Apenas duas mulheres lideram listas nas “autárquicas” de Outubro

Em Cabo Verde, nas oitavas eleições autárquicas, de 25 de outubro, estão apenas garantidas duas listas encabeçadas por mulheres à Câmara Municipal. Na Praia capital,...

Turismo é sustentado por nacionais em cerca de 70 por cento

O turismo internacional em Angola tem sofrido uma retracção, quer em termos de solicitações, quer de receitas, segundo a revista do Programa de Apoio...

Antártida é o único continente sem registo de qualquer caso

A Antártida é actualmente o único continente sem qualquer caso positivo do novo coronavírus, onde a população convive sem máscaras e assiste ao desenrolar...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.