- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Cabo Verde Carta aberta do empresário Alex Saab com críticas ao governo de Cabo...

Carta aberta do empresário Alex Saab com críticas ao governo de Cabo Verde

O empresário colombiano Alex Saab, preso em Cabo Verde, escreveu uma carta aberta dizendo que está ilegalmente detido naquele arquipélago há 57 dias. Na missiva o empresário que trabalha por conta do presidente venezuelano, Maduro, afirma ainda que um pedido de extradição feito pelos Estados Unidos é infundado e tem motivação política e ameaça Cabo Verde.

Na missiva enviada ao chefe de governo cabo-verdiano, Alex Saab escreve que está ilegalmente detido em Cabo Verde há 57 dias, “a aguardar que um pedido de extradição feito pelos Estados Unidos infundado e com motivação política seja revisto”. O alegado testa de ferro de Nicolás Maduro afirma que foi lhe negado o direito de ser ouvido em tribunal e a sua equipa de advogados não teve acesso ao relatório do procurador.

Também na carta, Alex Saab que estranha a “inacção” do primeiro-ministro e antevê consequências jurídicas e políticas para o arquipélago faz uma retrospectiva da sua vida profissional e responde às acusações dos Estados Unidos da América.

Esta terça-feira, ao ser abordado pelos jornalistas, na ilha do Sal, Primeiro Ministro, Ulisses Correia e Silva, disse que não reage a cartas abertas.

“Eu não reajo a cartas abertas na comunicação social. As pessoas conhecem a caixa postal do Palácio do Governo, se tiverem cartas a enviar, mandam directamente ao gabinete do Primeiro-Ministro.

Eu não faço comentários sobre cartas publicadas na comunicação social” disse Ulisses Correia e Silva que reafirmou “não falo sobre o caso (Alex Saab) está na justiça”.

Lembramos que Tribunal da Relação de Barlavento, decidiu a 31 de Julho passado, pela extradição para os Estados Unidos do empresário colombiano Alex Saab, mas a defesa recorreu. Aguarda-se, agora a decisão do Supremo Tribunal de Justiça.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Vacina do laboratório chinês Sinovac pode estar pronta no início de 2021

O presidente do laboratório chinês Sinovac, Yin Weidong, assegurou que a sua vacina contra a covid-19 estará pronta para ser administrada em massa no...
- Publicidade -

Portugal em situação de contingência até 14 de Outubro

Portugal vai-se manter em situação de contingência até ao dia 14 de Outubro, face a um quadro de aumento de casos de covid-19 nas...

Tribunal de Justiça da União Europeia rejeita recurso de suspeito do caso Maddie

O Tribunal de Justiça da União Europeia rejeitou hoje o recurso de Christian B., suspeito da morte de Madeleine McCann, contra a sua detenção...

Angola: Marcha para exigir reparação à Build Angola

Duas centenas de lesados pela Build Angola marcharam este sábado em Luanda. Exigem reparação, numa burla em que alegam estarem envolvidos gestores públicos angolanos...

Notícias relacionadas

Covid-19: Vacina do laboratório chinês Sinovac pode estar pronta no início de 2021

O presidente do laboratório chinês Sinovac, Yin Weidong, assegurou que a sua vacina contra a covid-19 estará pronta para ser administrada em massa no...

Portugal em situação de contingência até 14 de Outubro

Portugal vai-se manter em situação de contingência até ao dia 14 de Outubro, face a um quadro de aumento de casos de covid-19 nas...

Tribunal de Justiça da União Europeia rejeita recurso de suspeito do caso Maddie

O Tribunal de Justiça da União Europeia rejeitou hoje o recurso de Christian B., suspeito da morte de Madeleine McCann, contra a sua detenção...

Angola: Marcha para exigir reparação à Build Angola

Duas centenas de lesados pela Build Angola marcharam este sábado em Luanda. Exigem reparação, numa burla em que alegam estarem envolvidos gestores públicos angolanos...

Argélia pondera amistoso com Angola

Mais jogos que envolvem selecções africanas estão marcados. A Argélia, campeã africana, pondera jogar com Angola e com os Camarões, segundo o site "afrik-foot",...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.