- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Artes Do kubico para o mundo: Expo Colectiva Virtual

Do kubico para o mundo: Expo Colectiva Virtual

A Young Artists of Angola – YAANG – apresenta no dia 14 de Agosto de 2020, a partir das 18 horas, a Exposição Colectiva Virtual “Do Kubico Para o Mundo”, resultante da Residência Artística “Emergência” que aconteceu em colaboração online. O link da mostra virtual será disponibilizado para o público no dia e hora marcada, no blog Mwini.AO.

De acordo com uma nota enviada ao Portal de Angola, participam sete jovens artistas angolanos com desenho, pintura, instalação, fotografia, foto-performance e vídeo-performance. Trata-se de Agostinho Ngola, Dina Luzano, Fischer Dos Santos, Ima Tchitanga, Isabel Landama, Marisa Kingica, e Nefwani Junior.

O projecto resulta de uma residência artística online que aconteceu durante a primeira e segunda fase do Estado de Emergência no nosso país e focado nas experiências e situações vividas em tempos de emergência causada pela pandemia Covi-19 na nossa realidade e no resto do mundo.

Segundo a nota, artes visuais sem limitações em termos de suportes ou meios de expressão (incentivando o uso de qualquer meio disponível ou encontrado) e linguagens desde às mais tradicionais como o desenho, a pintura; até as surgidas a partir da evolução tecnológica, como a fotografia, o vídeo; e outras como a instalação, e a performance.

Entre o medo e a incerteza, a arte desempenha um grande papel em momentos de caos, e a produção artística reflecte essas incertezas da sociedade.

Objectivos
• Incentivar a criatividade e produção intelectual em tempos de crise.
• Levantar uma reflexão sobre situações do contexto actual através da arte.
• Apresentar uma sugestão ou opção de colaboração artística à distância.
Público alvo: Amantes das artes, público e geral.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.