- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Violência doméstica aumenta em Angola durante confinamento das famílias

Violência doméstica aumenta em Angola durante confinamento das famílias

O confinamento das famílias devido à pandemia da Covid-19 fez disparar o espiral de violência doméstica em Angola nos primeiros cinco meses de 2020.

Os dados constam do último relatório do Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU), resumido para a VOA pela directora Nacional dos Direitos da Mulher, Igualdade e Equidade do Género.

Júlia Kitocua referiu que, durante o estado de emergência, entre Março e Maio, a mudança da rotina das famílias fez alterar os dados em relação ao período anterior.

Antes da pandemia, registaram-se 444 casos, dos quais 48 foram apresentados por homens e 396 por mulheres, mas depois de ter sido decretado o estado de emergência foram denunciados 567 casos de violência doméstica, dos quais 486 queixas por mulheres, através dos gabinetes provinciais, e 124 por homens.

“Normalmente quem a pratica é uma pessoa muito astuta ao ponto de a vítima se questionar que está ou não a ser vítima de violência doméstica”, afirma Júlia Kitocua, que assim chama a atenção da sociedade para a violência psicológica no país.

Aquela alta funcionária do Governo diz ser preocupação das autoridades o comportamento futuro das crianças que vivem e crescem em ambientes de violência doméstica .

“A pobreza, a dependência económica e a fraca instrução da mulher” são referidas pela directora Nacional dos Direitos da Mulher, Igualdade e Equidade do Género, Júlia Kitocua, como outros factores que “estimulam a violência doméstica no país”.

Em 2019 foram registados, em Angola, 3.703 casos de violência doméstica apenas durante o primeiro semestre, segundo dados do Governo.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -

“Braço direito” de João Lourenço teria enriquecido com contratos públicos, diz emissora

Reportagem da portuguesa tvi24 afirma que Governo angolano tem contratado empresa do chefe de Gabinete Edeltrudes Costa para prestar serviços. Costa teria construído fortuna...
- Publicidade -

PR reconhece impacto negativo da Covid-19

Ao intervir no debate geral da 75ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, o Chefe de Estado angolano afirmou que a pandemia afectou...

Sonangol com resultados líquidos de USD 125 milhões em 2019

 A Sonangol anunciou, esta terça-feira, resultados líquidos de 125 milhões de Dólares, equivalentes a 45 mil 854 milhões de Kwanzas, no seu exercício de...

Angola garante que vai pagar dívida comercial mesmo com juros elevados

O secretário de Estado das Finanças de Angola garantiu hoje que o país vai honrar os compromissos financeiros com os credores comerciais apesar da...

Notícias relacionadas

“Braço direito” de João Lourenço teria enriquecido com contratos públicos, diz emissora

Reportagem da portuguesa tvi24 afirma que Governo angolano tem contratado empresa do chefe de Gabinete Edeltrudes Costa para prestar serviços. Costa teria construído fortuna...

PR reconhece impacto negativo da Covid-19

Ao intervir no debate geral da 75ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, o Chefe de Estado angolano afirmou que a pandemia afectou...

Sonangol com resultados líquidos de USD 125 milhões em 2019

 A Sonangol anunciou, esta terça-feira, resultados líquidos de 125 milhões de Dólares, equivalentes a 45 mil 854 milhões de Kwanzas, no seu exercício de...

Angola garante que vai pagar dívida comercial mesmo com juros elevados

O secretário de Estado das Finanças de Angola garantiu hoje que o país vai honrar os compromissos financeiros com os credores comerciais apesar da...

Tadej Pogacar entrou na história da Volta a França em bicicleta

A Volta a França em bicicleta acabou no passado domingo 20 de Setembro com o triunfo de uma Nação, a Eslovénia, que conseguiu pôr...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.