- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Sustento condicionado: Mais de 500 bolseiros licenciados em Cuba devem regressar ao...

Sustento condicionado: Mais de 500 bolseiros licenciados em Cuba devem regressar ao País este mês

Um total de 522 bolseiros angolanos de várias especialidades, que terminaram neste ano académico a licenciatura em Cuba, deve regressar ao País este mês. O Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE) alerta que caso passe esse período, haverá complicações financeiras para manter os recém-formados em terras cubanas.

A informação foi avançada ao Novo Jornal pelo director-geral do Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo, Milton da Silva Chivela, que salientou que o INAGBE, através do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), já trabalha junto da Comissão Multisectorial de Prevenção e Combate à Covid-19 para que os finalistas regressem em voos humanitários antes de Setembro.

“Não pode passar o mês de Agosto porque já terminaram a formação e nós pagamos um mês adicional, que é o de Agosto, para que o estudante se prepare para regressar. Se cairmos numa situação em que eles têm de ficar depois desde mês, a situação vai complicar-se bastante em termos financeiros”, disse.

Segundo Milton da Silva Chivela, se o INAGBE não conseguir tirar de lá os bolseiros licenciados durante este mês, significa que a instituição vai assumir também os encargos dos dias que se seguirão.

“Eles vão naturalmente preencher vagas de potenciais estudantes que o governo cubano poderá disponibilizar nos seus alojamentos, mas é uma situação que a nível do INAGBE queremos evitar a todo custo”, argumentou.

De acordo com o responsável do INAGBE, já não há planificações, em termos de orçamentos, para que os bolseiros licenciados que terminaram a formação académica no mês de Julho continuem em Cuba.

O director do INAGBE avançou que, para além de Cuba, há 396 bolseiros licenciados na mesma situação, sendo 206 na Rússia e 190 em Portugal.

Quanto os outros países, prossegue o responsável, por terem um número muito reduzido de estudantes bolseiros licenciados, o Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo tudo está a fazer para os fazer regressar, sem necessariamente terem de ser auxiliados por voos humanitários.

Entretanto, os 522 bolseiros angolanos que terminaram as suas licenciaturas no presente ano académico em Cuba formaram-se nos cursos de Geologia, Medicina Geral, Estomatologia, Contabilidade e Finanças, Telecomunicações, Biologia, Economia, Psicologia, Informática, Mecânica, Agronomia, Engenharia Civil, Arquitectura, Engenharia Industrial, Química, Minas, Hidráulica, Sociologia e Medicina Veterinária.

De recordar que, em 2018, o País recebeu de Cuba 133 bolseiros angolanos de várias especialidades que também terminaram as suas licenciaturas naquele território.

- Publicidade -
- Publicidade -

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...
- Publicidade -

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Notícias relacionadas

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Inacom e parceiros criam plataforma de diálogo

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), as operadoras e as associações dos consumidores, decidiram, a partir desta quinta-feira, em Luanda, a criação de uma...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.