- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Bares e discotecas vão poder abrir com as mesmas regras e horários...

Bares e discotecas vão poder abrir com as mesmas regras e horários dos cafés

Os bares e discotecas vão poder reabrir em todo o país, com as mesmas regras aplicadas aos cafés, pastelarias e casas de chá.

A notícia é avançada pelo Público, que adianta que a legislação será aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros.

Encerrados desde Março devido à pandemia do novo coronavírus, os espaços de diversão nocturna ficaram de fora do plano de desconfinamento do Governo, devido à questão do distanciamento social.

Agora, vão poder reabrir, mas com regras. Bares e discotecas não vão poder funcionar à noite, ou seja, terão de encerrar às 20:00; não terão permissão para servir refeições, apenas alimentação ligeira, como salgados; as pistas de dança poderão ser ocupadas com mesas, cumprimento as regras de distanciamento social, e os espaços exteriores poderão ser usados como esplanadas.

O Conselho de Ministros deverá ainda aprovar novas regras para a restauração. De acordo com o diário, os restaurantes poderão receber clientes até às 24:00, durante o verão, mas terão de fechar à uma da manhã.

GOVERNO DECIDE HOJE SOBRE FIM DA SITUAÇÃO DE CALAMIDADE NAS FREGUESIAS DA GRANDE LISBOA
O Governo deverá decidir esta quinta-feira a passagem das 19 freguesias de cinco concelhos da Área Metropolitana de Lisboa (AML) que permanecem na situação de calamidade para a situação de contingência e o prolongamento das restrições aplicadas nesta zona.

A generalidade de Portugal continental entrou no dia 1 de Julho em situação de alerta devido à pandemia de Covid-19, com excepção da Área Metropolitana, que passou para o estado de contingência. Nesta zona, que é constituída por 18 municípios, 19 freguesias de cinco concelhos – Loures, Amadora, Odivelas, Lisboa e Sintra – permaneceram em estado de calamidade.

Estes três níveis, que correspondem a diferentes restrições ao desconfinamento, estão em vigor até às 23:59 de 31 de Julho.

AS RESTRIÇÕES IMPOSTAS PELA SITUAÇÃO DE CALAMIDADE
Neste momento, na AML há a limitação de 10 pessoas nos ajuntamentos, é proibida venda de bebidas alcoólicas em áreas de serviço e postos de combustíveis, é proibido o consumo de bebidas alcoólicas em espaços ao ar livre e a generalidade dos estabelecimentos comerciais têm de encerrar às 20:00.

Os hipermercados e supermercados podem permanecer abertos até 22:00, mas não podem vender bebidas alcoólicas depois das 20:00, enquanto os restaurantes podem funcionar além das 20:00 para refeições no local (tanto no interior dos estabelecimentos, como nas esplanadas licenciadas), em serviço de ‘take-away’ ou entrega ao domicílio.

Não é imposta hora de fecho para os serviços de abastecimento de combustível (podem funcionar 24 horas por dia exclusivamente para venda de combustíveis), farmácias, funerárias, equipamentos desportivos, clínicas, consultórios e veterinários.

- Publicidade -
- Publicidade -

FinCEN Files: Investigação revela como bancos facilitaram transferências de biliões para criminosos

Fuga de informação de mais de dois mil relatórios enviados por bancos ao Governo dos EUA apontam para transferências bancárias de 1,7 biliões de...
- Publicidade -

SIC confirma retirada de canais em Angola

Os canais da SIC vão deixar de ser emitidos pela DStv em Angola a 15 de outubro de 2020, anunciou a plataforma, em mensagem...

Grandes bancos continuam a facilitar branqueamento de capitais, diz investigação do ICIJ

Uma análise a documentos confidenciais produzidos por vários bancos nos Estados Unidos e enviados à agência federal FinCEN mostram como grandes bancos facilitaram o...

Justiça manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

IURD em Angola declarou-se, domingo. "surpresa" com a ordem de encerramento de quatro dos seus templos durante o culto. A justiça angolana ordenou o encerramento...

Notícias relacionadas

FinCEN Files: Investigação revela como bancos facilitaram transferências de biliões para criminosos

Fuga de informação de mais de dois mil relatórios enviados por bancos ao Governo dos EUA apontam para transferências bancárias de 1,7 biliões de...

SIC confirma retirada de canais em Angola

Os canais da SIC vão deixar de ser emitidos pela DStv em Angola a 15 de outubro de 2020, anunciou a plataforma, em mensagem...

Grandes bancos continuam a facilitar branqueamento de capitais, diz investigação do ICIJ

Uma análise a documentos confidenciais produzidos por vários bancos nos Estados Unidos e enviados à agência federal FinCEN mostram como grandes bancos facilitaram o...

Justiça manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

IURD em Angola declarou-se, domingo. "surpresa" com a ordem de encerramento de quatro dos seus templos durante o culto. A justiça angolana ordenou o encerramento...

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo envolvidos em investigação internacional aos grandes bancos

Numa nova investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas, a filha do ex-presidente de Angola é alvo de dois relatórios sobre atividades suspeitas, ambos de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.