- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política Pedro Pires lamenta morte de “combatente da liberdade”

Pedro Pires lamenta morte de “combatente da liberdade”

O antigo Presidente de Cabo Verde Pedro Pires considerou ontem o general Kundi Paihama “um combatente da liberdade intrépido e coerente, que sempre agiu acima de significações de menor valia”.

“Era um amigo pessoal por quem tinha muita simpatia e respeito”, escreve Pedro Pires, numa nota de condolências endereçada à direcção do MPLA.

O também presidente da Fundação Amílcar Cabral acrescenta que Kundi Paihama “possuía ainda muitos amigos em Cabo Verde, com os quais havia convivido e trabalhado em Angola”.

“Neste momento em que Kundi Paihama se separou de nós para sempre, desejo tributar uma homenagem de apreço e gratidão ao amigo e ao insigne Combatente da Liberdade desaparecido”, sublinha Pedro Pires.

O presidente da Fundação Amílcar Cabral manifesta sentimentos de “pesar e solidariedade ao MPLA e aos patriotas angolanos”, extensivos aos familiares, a quem deseja a força necessária para ultrapassar estes momentos de dor e de aflição.

Condolências da FESA

A Fundação Eduardo dos Santos disse, em nota, que foi com grande pesar e consternação que recebeu a “triste notícia do falecimento do general Kundi Paihama”.

“O General Kundi Paihama, nome grande da Nação angolana, foi um dos maiores filhos da Pátria, homem destemido, político íntegro, combatente destacado pela liberdade dos angolanos, pela paz e desenvolvimento do país”.

A nota, do gabinete do fundador, o ex-Presidente da República José Eduardo dos Santos, sublinha que Kundi Paihama, em todas as funções que exerceu, soube sempre elevar os valores do patriotismo, da dignidade humana, do sentido de missão, considerando a sua morte “uma perda irreparável”.

“Nesta hora difícil para o povo angolano e para a família, vergo-me perante o luto e a dor e endereço à família os meus mais profundos sentimentos de pesar”, conclui José Eduardo dos Santos.

Huambo

A governadora do Huambo, Lotti Nolika, disse que a Política e a Sociedade angolana perderam um grande herói, com a morte de Kundi Paihama, que considerou “um conselheiro que sempre contribuiu para a luta da Independência, reconciliação nacional e restauração da paz em Angola”.

“A morte do general Kundi Paihama representa um enorme vazio na política e na sociedade angolana, pelo facto de se ter perdido um grande herói e conselheiro que nos momentos mais difíceis contribuiu nas missões que lhe foram sempre confiadas”, escreve em nota de condolências.

Acrescentou que “Kundi Paihama foi uma pessoa de diálogo frontal, franco e aberto numa clara demonstração de um combatente da linha da frente, postura esta que o levou a desempenhar funções relevantes no aparelho do Estado, incluindo de governador da província do Huambo”.
Kundi Paihama foi governador do Huambo entre 2014 e 2016.

Embaixadores

A Embaixada de Angola na Namíbia também lembrou Kundi Paihama como “distinto combatente da Luta de Libertação Nacional e defensor da liberdade dos povos sob o jugo colonial e do apartheid”.

De acordo com uma nota de condolências, assinada pela embaixadora Juvelina Imperial, ao lado dos guerreiros da SWAPO e do ANC, nas terras do Sul de Angola, Kundi Paihama desenvolveu acções contra as forças invasoras estrangeiras em prol da paz, Independência da Namíbia e do fim do regime do apartheid na África do Sul.

A embaixadora de Angola na Suíça, Cecília Rosário, afirmou ontem que o nacionalista Kundi Paihama tornou-se, por mérito próprio, um símbolo de bravura e de coragem pela sua dimensão política, militar e social que sempre o caracterizou.

Com este infausto acontecimento, refere em nota de condolências, o país perde um dos seus melhores filhos, que dedicou abnegadamente a sua juventude às causas mais nobres do povo, destacando-se na luta pela independência nacional e pela conquista da paz.

A Embaixada de Angola em Portugal também juntou-se à dor da família de Kundi Paihama, que considerou “um dos mais ilustres filhos da Nação angolana”.

Uma nota assinada pelo embaixador Carlos Alberto Fonseca refere que Paihama “tornou-se num dos mais proeminentes ícones do nacionalismo angolano e se fez exemplo para as gerações presentes e vindouras”, pelos vincados traços de patriotismo, abnegação, coragem e sentido de justiça que sempre o caracterizaram como personalidade e na defesa e bem-estar dos angolanos.

Criadores de gado

A direcção da Cooperativa dos Criadores de Gado do Sul de Angola (CCGSA) lamentou, igualmente, a morte do político angolano, vítima de doença, na quinta-feira, em Luanda.

O presidente da Cooperativa, Salvador Rodrigues, recordou que Kundi Paihama, co-fundador daquele organização, foi um grande incentivador e participante activo.

PRS

O secretariado executivo nacional do PRS reconheceu que Kundi Paihama foi um general destemido, combatente consistente e consequente pela boa causa da Pátria.

Numa nota de condolências, o PRS considera Kundi Paihama como um político simpático que sempre tratou os adversários políticos como irmãos. “Foi um chefe de família e cidadão exemplar, por isso o PRS entende que Angola perdeu um dos seus filhos querido e trabalhador”, conclui.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -

EUA contrabandeiam petróleo para fora da Síria durante a noite em 35 camiões-cisterna, diz mídia

A região do nordeste da Síria contém a maior parte das reservas de petróleo do país e é também o território onde a maioria...
- Publicidade -

Metropolitan Opera de Nova Iorque cancela toda a temporada 2020/2021

A companhia norte-americana Metropolitan Opera, em Nova Iorque, anunciou hoje o cancelamento de toda a temporada de espectáculos 2020-2021, por causa da covid-19, numa...

Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal no PR

O traficante Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, foi encontrado morto em sua cela na Penitenciária Federal de Catanduvas, oeste do Paraná, na...

Presidente da República defende investimento directo nos países em vias de desenvolvimento

O Presidente da República, João Lourenço, considerou, esta terça-feira, fundamental que se encare o investimento directo nas economias dos países em vias de desenvolvimento,...

Notícias relacionadas

EUA contrabandeiam petróleo para fora da Síria durante a noite em 35 camiões-cisterna, diz mídia

A região do nordeste da Síria contém a maior parte das reservas de petróleo do país e é também o território onde a maioria...

Metropolitan Opera de Nova Iorque cancela toda a temporada 2020/2021

A companhia norte-americana Metropolitan Opera, em Nova Iorque, anunciou hoje o cancelamento de toda a temporada de espectáculos 2020-2021, por causa da covid-19, numa...

Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal no PR

O traficante Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, foi encontrado morto em sua cela na Penitenciária Federal de Catanduvas, oeste do Paraná, na...

Presidente da República defende investimento directo nos países em vias de desenvolvimento

O Presidente da República, João Lourenço, considerou, esta terça-feira, fundamental que se encare o investimento directo nas economias dos países em vias de desenvolvimento,...

Moçambique pede apoio logístico à União Europeia para combater terrorismo

A chefe da diplomacia moçambicana Verónica Macamo, pediu formalmente à União Europeia em carta datada de 16 de Setembro, apoio logístico e treino especializado...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.