- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Assembleia Parlamento Símbolos Autárquicos recebem luz verde

Símbolos Autárquicos recebem luz verde

A Assembleia Nacional aprovou esta quarta-feira, por unanimidade, a Proposta de Lei sobre os Símbolos Autárquicos, diploma que faz parte do Pacote Legislativo Autárquico.

Os parlamentares aprovaram, igualmente, as Propostas de Lei sobre o Regime Jurídico das Zonas Francas, que altera a Lei dos Contratos Públicos, bem como a de Bases do Sistema de Pagamentos de Angola.

A Proposta de Lei sobre o Regime Jurídico das Zonas Francas foi aprovada por unanimidade, enquanto que as propostas referentes ao Sistema de Pagamentos de Angola e a dos Contratos Públicos receberam, respectivamente, 4 e 46 abstenções da oposição.

Em relação à Proposta de Lei sobre os Símbolos Autárquicos, Tomás da Silva, do MPLA, informou que a implementação das autarquias locais é um “complexo processo de mudanças”, que envolvem dimensões políticas, culturais e económicas e implica a “reinvenção de soluções”, com vista a assegurar a autonomia das mesmas.

O MPLA, salientou, consciente das suas responsabilidades e compromissos em matéria de poder autárquico, votou a favor do diploma, com vista a concretização da autonomia identitária das autarquias locais.

O parlamentar acrescentou que o símbolo autárquico será formulado e implementado tendo em conta as particularidades territoriais, históricas e o vasto património cultural.

O representante do PRS disse que o partido votou favoravelmente porque está ansioso pela realização das primeiras eleições autárquicas no país.

Benedito Daniel acrescentou que apesar de se registar morosidade na aprovação do pacote legislativo para a realização das autarquias, o PRS vai contribuir “na construção da ponte que nos levará ao poder local”.

Sobre a mesma matéria, o deputado David Mendes, da UNITA, disse que o partido também votou a favor, em virtude de, durante as discussões, na especialidade, ter-se chegado a consensos nos pontos divergentes, e por outro lado, por ser urgente viabilizar todos os diplomas que levem à realização das eleições autárquicas.

Com a aprovação da Lei sobre o Regime Jurídico das Zonas Francas, o Executivo espera transformar o país num lugar que favoreça a absorção de novas tecnologias, geração de empregos e apoie a pesquisa e a investigação científica.

O deputado Manuel da Cruz Neto, do MPLA, encorajou o Executivo a dar os passos subsequentes, para materializar as Zonas Francas, para que, a seu tempo, se tornem numa realidade.
Carlos Kandanda, deputado não inscrito em qualquer grupo político, disse esperar que as futuras Zonas Francas venham atrair investimento estrangeiro, a fim de diversificar e dinamizar o sector produtivo, bem como promover a industrialização da economia.

O deputado Manuel Fernandes, da CASA-CE, acredita que a lei vai conferir ao país um melhor ambiente de negócios, para além de inverter o quadro actual da diplomacia económica, mais virado para a mobilização de financiamentos com o objectivo de cobrir os sucessivos défices orçamentais.

Amílcar Colela, da UNITA, considera a instalação de Zonas Francas como um “assunto muito sério” que requer recomendações pragmáticas, sob pena de haver fracassos, com muitos prejuízos para o ambiente de negócios.

Plenária prossegue hoje

A 11ª reunião plenária ordinária da Assembleia Nacional prossegue hoje, com a discussão e a aprovação, na generalidade, das Propostas de Lei sobre o Regime e Formulário dos Actos da Autarquia Local, que aprova o Regime Jurídico de Recuperação de Empresas e da Insolvência, e da que altera a Lei de Bases do Sector Empresarial Público.

Ainda hoje, estão agendados, para discussão e aprovação, na generalidade, as Propostas de Lei sobre o Regime Jurídico das Garantias Mobiliárias e de Sustentabilidade das Finanças Públicas.

Os Projectos de Resolução que aprovam, para ratificação, a revisão do Tratado que institui a Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), a substituição de membros na Comissão Nacional Eleitoral, bem como a substituição de membros nas Comissões Provinciais e Municipais Eleitorais também constam da agenda da plenária ordinária.

Actos da Autarquia

Ao apresentar, ontem, a Proposta de Lei sobre o Regime e Formulário dos actos da Autarquia Local, o ministro da Administração do Território lembrou que o diploma é resultado de uma disposição que já consta da Lei Orgânica sobre a Organização e Funcionamento das Autarquias Locais.

- Publicidade -
- Publicidade -

Tadej Pogacar entrou na história da Volta a França em bicicleta

A Volta a França em bicicleta acabou no passado domingo 20 de Setembro com o triunfo de uma Nação, a Eslovénia, que conseguiu pôr...
- Publicidade -

Suíça: Educadora portuguesa acusada de maus tratos a crianças em creche

Uma portuguesa de 41 anos foi acusada de maus tratos na creche onde trabalhava na região de Lugano, na Suíça Italiana, anunciou o Ministério...

Trump diz na Assembleia Geral que a ONU deve ‘responsabilizar a China’ pela COVID-19

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse à Assembleia Geral da ONU nesta terça-feira (22) que a China deve ser responsabilizada pelo mundo por...

Morreram 90 das 270 baleias encalhadas na Tasmânia

Morreram pelo menos 90 das 270 baleias que ficaram encalhadas numa área remota da Tasmânia, no sul da Austrália, e os especialistas receiam que...

Notícias relacionadas

Tadej Pogacar entrou na história da Volta a França em bicicleta

A Volta a França em bicicleta acabou no passado domingo 20 de Setembro com o triunfo de uma Nação, a Eslovénia, que conseguiu pôr...

Suíça: Educadora portuguesa acusada de maus tratos a crianças em creche

Uma portuguesa de 41 anos foi acusada de maus tratos na creche onde trabalhava na região de Lugano, na Suíça Italiana, anunciou o Ministério...

Trump diz na Assembleia Geral que a ONU deve ‘responsabilizar a China’ pela COVID-19

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse à Assembleia Geral da ONU nesta terça-feira (22) que a China deve ser responsabilizada pelo mundo por...

Morreram 90 das 270 baleias encalhadas na Tasmânia

Morreram pelo menos 90 das 270 baleias que ficaram encalhadas numa área remota da Tasmânia, no sul da Austrália, e os especialistas receiam que...

África do Sul: Portuguesa morre no hospital após ser agredida em assalto na sua residência

Uma portuguesa de 63 anos foi violentamente agredida num assalto à mão armada à sua residência no norte do KwaZulu-Natal, África do Sul, acabando...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.