- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Kundi Paihama morre aos 75 anos. Homenagem dos parlamentares angolanos (Vídeo)

Kundi Paihama morre aos 75 anos. Homenagem dos parlamentares angolanos (Vídeo)

O ex-ministro da Defesa, Kundi Paihama, morreu na madrugada desta sexta-feira, numa das unidades hospitalares de Luanda, soube o Portal de Angola de fonte familiar.

Segundo apurou este Portal, antes da sua transferência à Luanda, o deputado a Assembleia Nacional e ex-Ministro da Defesa, Kundi Paihama estava a receber tratamento médico em Cuba.

Várias fontes referem que o general foi “vítima de doença prolongada”, que o levou a ‘terras de Fidel Castro’, depois de ter passado pelo Hospital Militar em Luanda, “no seguimento de uma crise cardiovascular”.

Governador Kundi Paihama (Foto: José Cachiva)

Nas últimas quatro décadas foi uma das proeminentes figuras do MPLA, tendo exercido ainda os cargos de coordenador nas províncias do Huambo e Bié, governador do Cunene, por duas vezes, governador de Benguela e ministro da Segurança do Estado.

Nascido na província da Huíla, 12 de Dezembro de 1944, foi ministro do Interior, da Segurança do Estado, da Inserção e Controlo do Estado, entre outras funções.

 

Kundi Paihama notabilizou-se em funções governamentais e nas forças armadas.

Enquanto general destacou-se com a lapidar frase de “partir a espinha dorsal” do então líder guerrilheiro da UNITA, Jonas Savimbi, para pôr fim ao conflito militar.


HOMENAGEM A KUNDI PAIHAMA DOS PARLAMENTARES ANGOLANOS – TPA – YOU TUBE

Da biografia de Kundi Paihama destacam-se os seguintes dados:

– Frequentou os estudos primários na cidade do Lubango. Os cursos gerais dos Liceus fez nas províncias da Huíla e Luanda.

– 1976-1979- Comissário Político da Província do Cunene

– 1979/1980 – Ministro do Interior.

– 1980/1981 – Ministro de Segurança de Estado.

Kundi Paihama morreu vítima de doença. (Foto: José Cachiva)5

– 1986/1991 – Ministro da Inserção e Controlo do Estatal.

– 1991/1993 – Governador da província de Luanda.

– 1992 – Promovido ao grau de general.

– 1993/1995 – Conselheiro do Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA).

– 1996/1997 – Governador da Província da Huíla.

– 1998/1999 – Governador da Província de Benguela.

– 199/2010 – Ministro da Defesa Nacional.

– 2010/2014 – Ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria.

– 2014-2016 – Governador da Província do Huambo.

– 2016-2018- Governador da Província do Cunene.

Tal como outros políticos e governantes do MPLA, Kundi Paihama, que nasceu na Huíla, a 12 de Dezembro de 1944, estava também associado a vários negócios como a banca e agropecuária.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.