- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo EUA Donald Trump admite enviar tropas federais para impor ordem em várias cidades

Donald Trump admite enviar tropas federais para impor ordem em várias cidades

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu nesta segunda-feira, 20, enviar forças para mais cidades para impor a ordem, ao mesmo tempo que aumentam críticas e denúncias de uma repressão federal a protestos contra o racismo no Estado do Oregon, com carros e homens não-identificados.

Trump admitiu enviar tropas para as cidades de Nova Iorque, Chicago, Filadélfia, Detroit, Baltimore e Oakland, que ele considerou serem dirigidas por “democratas liberais”.

“Enviaremos forças de segurança”, disse Trump a jornalistas na Casa Branca, a acrescentou: “Não podemos deixar isso acontecer com as cidades.”

Líderes locais e do Estado de Oregon, assim como membros do Congresso, pediram que Trump retire as forças paramilitares do Departamento de Segurança Interna da cidade de Portland, após vídeos mostrarem homens uniformizados não-identificados a prender pessoas e a leva-las em autocarros também não identificados.

O presidente da cidade, Ted Wheeler, escreveu no Twitter que, além de violar a lei, o Presidente “coloca em perigo a vida dos cidadãos de Portland”, e classificou a presença federal como “teatro político” em ano eleitoral.

Na semana passada, forças federais começaram a reprimir protestos em Portland contra a brutalidade policial e o racismo sistémico, com recurso a gás lacrimogéneo para defender prédios administrativos federais.

Pelo menos 71 pessoas foram baleadas, 12 delas mortalmente, entre sexta-feira, 17, e hoje, 20.

O jornal Chicago Tribune revelou que o Departamento de Segurança Interna pretende enviar cerca de 150 agentes federais para Chicago nesta semana.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.