- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Cinema "Berlim Alexanderplatz": Um bom pedaço de história alemã

“Berlim Alexanderplatz”: Um bom pedaço de história alemã

Vai estrear nos cinemas alemães um opulento “remake” do lendário filme, baseado no romance de Alfred Döblin.

Adaptado para a realidade no novo milénio: “Berlin Alexanderplatz”.
O filme “Berlin Alexanderplatz”, de Burhan Qurbani, celebrou sua estreia mundial no festival de cinema de Berlim, em Fevereiro. Mas só agora o filme, baseado no romance de Alfred Döblin, chegou aos cinemas. A pandemia da Covid-19 adiou a estreia. Qurbani transferiu a história para o presente, dando especial ênfase à questão dos refugiados. O actor principal é o guineense Welket Bungué.

Crime e paixão na Berlim de 2020
Burhan Qurbani, filho de pais afegãos, nascido na Alemanha, fez uma impressionante adaptação literária. A história de Döblin foi transferida para os dias de hoje, tornando-se a história de Francis (Welket Bungué, à direita), da Guiné-Bissau, que por acaso veio parar a Berlim e que conhece Reinhold, um alemão criminoso (Albrecht Schuch, à esquerda), e envereda por “maus caminhos”.

Mais vale tarde, que nunca: “Berlin Alexanderplatz” está nos cinemas.
(DR)

Literata lendário: Alfred Döblin
A obra “Berlin Alexanderplatz”, de Alfred Döblin, é, sem dúvida, um dos grandes romances do século passado. O autor, nascido em Szczecin em 1878, abriu novos caminhos literários, tanto temáticos quanto formais. O livro é considerado o primeiro romance moderno sobre uma metrópole alemã, desenhando um retrato da República de Weimar e desafiando os leitores a descobrirem um novo estilo literário.

Traduções múltiplas e bem sucedidas: “Berlin Alexanderplatz”
Apesar de representar um desafio para os leitores, o romance de Döblin foi um sucesso. O livro vendeu-se bem e foi traduzido para várias línguas do mundo. Mais tarde foi adaptado para cinema, teatro e rádionovela. Döblin, judeu, fugiu da Alemanha nazi em 1933. Seus livros foram proibidos na Alemanha por um longo tempo. Em 1936, ele adoptou a nacionalidade francesa.

Primeira adaptação para cinema: “Berlin Alexanderplatz” de Phil Jutzi
Apenas dois anos após a publicação do romance na Alemanha, chegou à tela a primeira adaptação cinematográfica. O director Phil Jutzi criou um óptimo filme, onde o actor Heinrich George brilhou no papel de Franz Biberkopf. No entanto, segundo alguns críticos, esta primeira adaptação carecia de relevância política e nitidez, no que diz respeito à crítica social.

As visões cinematográficas de Rainer Werner Fassbinder
Meio século depois – o “Novo Filme Alemão” atravessava o seu momento áureo e era apreciado em todo o mundo – o realizador Rainer Werner Fassbinder aceitou o desafio e também pegou na obra de Döblin. Juntamente com seus principais actores, Günter Lamprecht e Hanna Schygulla (foto), ele transformou o romance num extenso filme de 15 horas, exibido em várias partes. A estreia aconteceu em Veneza.

O olhar de Fassbinder sobre “Berlin Alexanderplatz”
Fassbinder gerou alguma controvérsia na época. Depois da sua estreia no Lido, o filme foi exibido, a nível internacional, mas o grande público só conseguiu ver o filme na sua versão para a TV. Muitos espectadores ficaram impressionados com a estética evidenciada por Fassbinder. Muitos anos depois, o filme foi restaurado, lançado em DVD e reconhecido pelo que era: uma obra de arte cinematográfica.

Alexanderplatz: O mito em acção
A praça “Alexanderplatz”, em Berlim, tornou-se um mito cultural, principalmente por causa do romance de Döblin, mas também por causa das diversas adaptações para cinema. A “Alexanderplatz” serviu de cenário para muitos outros filmes, o que reforçou ainda mais o mito. Mais recentemente, a série alemã “Babylon Berlin” também se desenrolou na mítica praça da capital. Na foto: uma cena da produção.

Estreia do filme em Fevereiro de 2020, no festival de Berlim
Sentiu-se muita curiosidade quando o “remake” do filme do realizador Burhan Qurbani foi apresentado no festival de Berlim, Berlinale 2020. Na foto vê-se o actor Welket Bungué, o diretor, Burhan Qurbani, Haase, actriz, e Albrecht Schuchm, actor (da esquerda para a direita), na estreia do filme em Berlim. Os críticos reagiram positivamente e o público da Berlinale também ficou impressionado.

Mais vale tarde, que nunca: “Berlin Alexanderplatz” está nos cinemas
Poucos dias depois do festival de Berlim surgiu o coronavírus e o cinema ressentiu-se, como tantos outros sectores culturais. Os cinemas tiveram que fechar as suas portas temporariamente e o filme de Qurbani também não pôde ser exibido. Mas agora o remake de “Berlin Alexanderplatz” ressurgiu com muitas pré-visualizações. O lançamento oficial nos cinemas foi neste 16 de Julho.

- Publicidade -
FonteDW
- Publicidade -

Caso São Vicente: PGR confia na recuperação do dinheiro e admite ouvir personalidades da Sonangol

A Procuradoria Geral da República (PGR) de Angola assegura que tudo está a fazer para recuperar os 900 milhões de dólares congelados na conta...
- Publicidade -

Ministério Público quer agravar pena de prisão a “Zénu” dos Santos e co-acusados

O Tribunal Supremo (TS) de Angola terá que decidir se vai agravar ou aliviar as sentenças impostas aos acusados no “processo dos 500 milhões”. O...

Sociedade civil e partidos extra-parlamentares estão “vigilantes” com a criação da frente patriótica

O Ex-secretário Executivo do Comité Intereclesial para a Paz em Angola (COIEPA), reverendo Ntony Njnga, felicitou a iniciativa de se criar uma Frente Patriótica...

EUA contrabandeiam petróleo para fora da Síria durante a noite em 35 camiões-cisterna, diz mídia

A região do nordeste da Síria contém a maior parte das reservas de petróleo do país e é também o território onde a maioria...

Notícias relacionadas

Caso São Vicente: PGR confia na recuperação do dinheiro e admite ouvir personalidades da Sonangol

A Procuradoria Geral da República (PGR) de Angola assegura que tudo está a fazer para recuperar os 900 milhões de dólares congelados na conta...

Ministério Público quer agravar pena de prisão a “Zénu” dos Santos e co-acusados

O Tribunal Supremo (TS) de Angola terá que decidir se vai agravar ou aliviar as sentenças impostas aos acusados no “processo dos 500 milhões”. O...

Sociedade civil e partidos extra-parlamentares estão “vigilantes” com a criação da frente patriótica

O Ex-secretário Executivo do Comité Intereclesial para a Paz em Angola (COIEPA), reverendo Ntony Njnga, felicitou a iniciativa de se criar uma Frente Patriótica...

EUA contrabandeiam petróleo para fora da Síria durante a noite em 35 camiões-cisterna, diz mídia

A região do nordeste da Síria contém a maior parte das reservas de petróleo do país e é também o território onde a maioria...

Metropolitan Opera de Nova Iorque cancela toda a temporada 2020/2021

A companhia norte-americana Metropolitan Opera, em Nova Iorque, anunciou hoje o cancelamento de toda a temporada de espectáculos 2020-2021, por causa da covid-19, numa...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.