- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa Borissov novamente contestado nas ruas

Borissov novamente contestado nas ruas

Na capital da Bulgária, mantêm-se a pressão contra Boiko Borissov. O executivo do primeiro-ministro búlgaro enfrenta, desde a semana passada, uma vaga de protestos que reúnem opositores de direita e esquerda, bem como movimentos de cidadãos sem afiliação partidária, que denunciam a corrupção no país mais pobre da União Europeia.

“Sob os olhos da população, há uma máfia e uma pilhagem desastrosa, com uma linha de corrupção que atravessa o governo”, afirmava um manifestante.

Na capital da Bulgária, mantêm-se a pressão contra Boiko Borissov. O executivo do primeiro-ministro búlgaro enfrenta, desde a semana passada, uma vaga de protestos que reúnem opositores de direita e esquerda, bem como movimentos de cidadãos sem afiliação partidária, que denunciam a corrupção no país mais pobre da União Europeia.

“Sob os olhos da população, há uma máfia e uma pilhagem desastrosa, com uma linha de corrupção que atravessa o governo”, afirmava um manifestante.

Outro explicava: “Estou aqui porque tenho vergonha do que está a acontecer no país. Sinto vergonha que os meus filhos testemunhem isto. Um bando ignorante de ladrões está no poder e nós queremos que saia.”

Treze anos depois de entrar no bloco comunitário, a Bulgária é o Estado-membro mais afectado pela corrupção, segundo a ONG Transparency Internacional.

“Assistimos cada vez mais a uma energia cívica, o que dá sem dúvida nascimento a uma alternativa. Vemos que o governo está a perder cada vez mais a orientação e a noção da realidade. Penso que assistimos à energia para a mudança nas ruas e tenho a certeza de que encontrará o caminho para o parlamento e um próximo governo”, Hristo Ivanov, ex-ministro da Justiça e líder do partido “Sim, Bulgária!”

Há mais de uma década quase ininterrupta no poder, Borissov é acusado de acomodar oligarcas e os escândalos que envolvem os círculos do poder multiplicam-se, incluindo uma investigação ao uso fraudulento de fundos europeus, ou as recentes buscas a gabinetes de próximos do presidente Roumen Radev, que se uniu aos manifestantes para denunciar o “carácter mafioso” do governo.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Complexo Escolar Camarada Tchifutchi vandalizado

Um grupo de indivíduos desconhecidos destruiu, na noite de segunda-feira, 20 torneiras, das 50 colocadas no complexo escolar Camarada Tchifutchi, embaraçando as condições criadas...
- Publicidade -

Presidente de Cabo Verde quer regras estritas contra coronavírus antes do ano lectivo

O Presidente da República de Cabo Verde considera a poucos dias de abertura do novo ano lectivo, que todos devem ter em conta que...

COVID-19: Estados Unidos ultrapassam 200 mil mortes

Os Estados Unidos chegaram a 200 mil mortes provocadas pelo novo coronavírus, revela nesta terça-feira, 22, a plataforma da Universidade Johns Hopkins, que acompanha...

Cientistas russos descobrem antibiótico natural revolucionário

Cientistas russos foram os primeiros a encontrar um antibiótico natural universal capaz de superar a resistência de patógenos a medicamentos. De acordo com os autores...

Notícias relacionadas

Covid-19: Complexo Escolar Camarada Tchifutchi vandalizado

Um grupo de indivíduos desconhecidos destruiu, na noite de segunda-feira, 20 torneiras, das 50 colocadas no complexo escolar Camarada Tchifutchi, embaraçando as condições criadas...

Presidente de Cabo Verde quer regras estritas contra coronavírus antes do ano lectivo

O Presidente da República de Cabo Verde considera a poucos dias de abertura do novo ano lectivo, que todos devem ter em conta que...

COVID-19: Estados Unidos ultrapassam 200 mil mortes

Os Estados Unidos chegaram a 200 mil mortes provocadas pelo novo coronavírus, revela nesta terça-feira, 22, a plataforma da Universidade Johns Hopkins, que acompanha...

Cientistas russos descobrem antibiótico natural revolucionário

Cientistas russos foram os primeiros a encontrar um antibiótico natural universal capaz de superar a resistência de patógenos a medicamentos. De acordo com os autores...

Museu dos Reis do Kongo encerra para manutenção do acervo

O museu dos Reis do Kongo, localizado na cidade de Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, vai, a partir desta quarta-feira (23), encerrar...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.