- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Cabo Verde Antigo juiz espanhol Baltasar Garzón integra defesa do empresário Álex Saab em...

Antigo juiz espanhol Baltasar Garzón integra defesa do empresário Álex Saab em Cabo Verde

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón foi contratado para integrar a equipa de defesa do empresário colombiano Álex Saab, detido em Cabo Verde a 12 de Junho, quando fez uma escala a caminho do Irão, e cuja extradição foi solicitada pelos Estados Unidos.

A informação é avançada nesta segunda-feira, 13, pela agência de notícias espanhola Efe, que cita o advogado cabo-verdiano José Manuel Pinto Monteiro, que chefia a defesa de Saab no arquipélago.

Ao integrar a equipa de defesa de empresário, Garzón vai “liderar un processo contra os Estados Unidos e Cabo Verde ante o Tribunal Internacional (de Justiça) de Haia por violação da imunidade jurisdicional de Álex Saab enquanto enviado especial de Venezuela”, disse Pinto Monteiro.

Ainda de acordo com a mesma fonte, o antigo juiz espanhol, que dirige o escritório de advogados Ilocad, com sede em Madrid, tentará introduzir, junto dos tribunais cabo-verdianos, “um processo de indemnização contra o Estado de Cabo Verde por danos patrimoniais e de imagem”, cujo valor poderá situar-se entre os 5 e os 12 milhões de dólares.

A VOA tentou falar com Pinto Monteiro, mas não foi possível, devido ao adiantado da hora.

Acusação e defesa

Detido na ilha do Sal quando o avião privado no qual seguia com destino ao Irão parou para abastecer, segundo o Procurador-Geral da República de Cabo Verde, Luis José Landim, por ter o nome dele na página de alerta vermelho da Interpol, Álex Saab teve a sua prisão preventiva confirmada pelo Tribunal da Comarca do Sal e validada pelo Tribunal de Relação de Barlavento, na ilha de São Vicente.

A defesa apresentou dois pedidos de habeas corpus para a sua libertação, que foram negados pelo Supremo Tribunal de Justiça.

Neste momento, aguarda-se a decisão do Tribunal de Relação de Barlavento, que tem em mãos um pedido de extradição dos Estados Unidos e um pedido de libertação por parte da Venezuela.

A justiça americana acusa o empresário colombiano que tem trabalhado para o Governo da Venezuela de “lavagem” de dinheiro e por alegados contratos fraudulentos elaborados para enriquecer a família de Maduro e ele próprio, através de sobrefacturação e do uso do sistema cambial controlado pelo Governo.

Os Estados Unidos reivindicam a autoridade para julgar Saab alegando que ele e um sócio, Enrique Pulido, usaram bancos americanos para depositar cerca de 350 milhões de dólares que foram defraudados através do sistema de controlo cambial da Venezuela.

O Governo da Venezuela, que enviou o seu embaixador junto de Cabo Verde, Alejandro Correa, ao arquipélago com uma equipa de advogados, disse que Saab é “enviado especial” de Caracas e que estava ao seu serviço a caminho do Irão para conseguir produtos para o país.

O Executivo de Nicolás Maduro considerou a prisão ilegal e pediu a libertação do empresário.

O advogado Pinto Monteiro disse anteriormente à VOA que Saab foi detido a 12 de Junho, quando o alerta vermelho da Interpol tem data do dia seguinte, o que, segundo ele, se afigura como ilegal, se, como disse o PGR, foi o alerta da rede mundial de polícias que esteve na origem da sua detenção.

Baltasar Garzón

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón foi conhecido como um magistrado implacável em casos relevantes com diversos processos contra narcotraficantes, inclusive entre eles altos dirigentes das máfias galega, turca e italiana, comandou investigações sobre a lavagem de dinheiro no litoral espanhol, bem como contra os chamados Grupos Antiterroristas de Liberação, organizações de extermínio criadas durante o primeiro Governo do Partido Socialista Obrero Espanhol e ainda dirigiu processos contra os terroristas bascos do ETA.

Garzón ficou internacionalmente conhecido quando, em 1998, ordenou a prisão e tentou a extradição para Espanha do antigo ditador chileno, Augusto Pinochet, que, na altura encontrava-se no Reino Unido.

Entretanto, depois de cinco meses, as autoridades britânicas decidiram enviar Pinochet para o Chile.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -

Lectícia Trindade lança “Minha Mãe, Minha Super-Heroína”

Foi lançado este sábado o livro “Minha Mãe, Minha Super-Heroína / Mymother, mysuperhero” da autoria da são-tomense Lectícia Trindade. Uma obra que nas palavras...
- Publicidade -

Juíza americana suspende ordem governamental de proibição do aplicativo chinês WeChat

Uma juíza dos Estados Unidos bloqueou neste domingo, 20, a acção do governo americano de exigir que a Apple e a Google removam o...

Cantor cabo-verdiano Danny Cruz lança “Felicidade”

Danny Cruz acaba de lançar o seu primeiro trabalho a solo intitulado “Felicidade”. O cantor cabo-verdiano radicado no Luxemburgo fala na concretização de “um sonho”. O...

Benfica entrou a vencer na Liga Portuguesa

O Benfica entrou a vencer no campeonato portuguesa da primeira divisão de futebol, derrotando o Famalicão por 1-5. A equipa do SL Benfica, comandada pelo...

Notícias relacionadas

Lectícia Trindade lança “Minha Mãe, Minha Super-Heroína”

Foi lançado este sábado o livro “Minha Mãe, Minha Super-Heroína / Mymother, mysuperhero” da autoria da são-tomense Lectícia Trindade. Uma obra que nas palavras...

Juíza americana suspende ordem governamental de proibição do aplicativo chinês WeChat

Uma juíza dos Estados Unidos bloqueou neste domingo, 20, a acção do governo americano de exigir que a Apple e a Google removam o...

Cantor cabo-verdiano Danny Cruz lança “Felicidade”

Danny Cruz acaba de lançar o seu primeiro trabalho a solo intitulado “Felicidade”. O cantor cabo-verdiano radicado no Luxemburgo fala na concretização de “um sonho”. O...

Benfica entrou a vencer na Liga Portuguesa

O Benfica entrou a vencer no campeonato portuguesa da primeira divisão de futebol, derrotando o Famalicão por 1-5. A equipa do SL Benfica, comandada pelo...

“José Eduardo dos Santos pode reforçar defesa de Lula da Silva”

O ex-Presidente de Angola, José dos Santos foi convocado a prestar depoimento nas investigações da Operação Lava Jato, a pedido da defesa de Lula...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.