- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal António Costa Silva avisa: “O que aí vem ainda será pior”

António Costa Silva avisa: “O que aí vem ainda será pior”

Plano de recuperação fica fechado até ao final do mês. Gestor alerta Governo para segurar já empresas. E pede consensos

Convidado pelo primeiro-ministro para apresentar o que chama de “plano para o day-after”, António Costa Silva já tem a missão praticamente concluída: “A minha vida tem sido isto de manhã à noite. Muita gente tem pedido para falar comigo, tenho falado com todos: economistas, empresários, parceiros sociais, associações empresariais.” E ao fim de todas essas conversas cresceu nele uma convicção: “Portugal precisa de um plano bastante agregador, que seja o mais abrangente possível. O que vem aí ainda será pior”, alerta o homem forte da Partex ao Expresso.

No documento preliminar que levou ao Conselho de Ministros na quinta-feira, Costa Silva concretiza esse “pior” estimando que “o país pode vir a enfrentar uma das piores crises da sua história: a queda do PIB em 2020 pode chegar aos 12%” — quase o dobro das estimativas inscritas no Orçamento suplementar pelo novo ministro, João Leão.

- Publicidade -
- Publicidade -

FACTUALIDADES: A semana em revista

Foi a enterrar no passado dia 30 de Julho, uma das figuras emblemáticas da política angolana. O general Kundi Paihama foi ao longo da...
- Publicidade -

MPLA nega envolvimento na inviabilização do PRA-JA Servir Angola junto do Tribunal Constitucional

O secretário do Bureau Político do MPLA para os Assuntos Políticos e Eleitorais, Mário Pinto de Andrade, desvalorizou as declarações do coordenador da comissão...

Artistas reclamam que apoio do Governo moçambicano não chega à Zambézia

Artistas na Zambézia reclamam que recursos do projecto "Arte no Quintal”, idealizado pelo Governo para apoiá-los durante a pandemia, não chega à província: "Quando...

Covid-19: Campanha “Luanda Solidária” ajuda professores do ensino privado

Campanha "Luanda Solidária" pretende angariar fundos para ajudar professores do ensino privado que passam dificuldades devido à Covid-19. Mas o Estado angolano não deve...

Notícias relacionadas

FACTUALIDADES: A semana em revista

Foi a enterrar no passado dia 30 de Julho, uma das figuras emblemáticas da política angolana. O general Kundi Paihama foi ao longo da...

MPLA nega envolvimento na inviabilização do PRA-JA Servir Angola junto do Tribunal Constitucional

O secretário do Bureau Político do MPLA para os Assuntos Políticos e Eleitorais, Mário Pinto de Andrade, desvalorizou as declarações do coordenador da comissão...

Artistas reclamam que apoio do Governo moçambicano não chega à Zambézia

Artistas na Zambézia reclamam que recursos do projecto "Arte no Quintal”, idealizado pelo Governo para apoiá-los durante a pandemia, não chega à província: "Quando...

Covid-19: Campanha “Luanda Solidária” ajuda professores do ensino privado

Campanha "Luanda Solidária" pretende angariar fundos para ajudar professores do ensino privado que passam dificuldades devido à Covid-19. Mas o Estado angolano não deve...

Violência xenófoba contra moçambicanos faz um morto em Joanesburgo

Um imigrante moçambicano morreu e pelo menos 18 pessoas também de nacionalidade moçambicana ficaram desalojadas por alegada violência xenófoba no leste de Joanesburgo, África...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.