- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Sudão autoriza consumo de álcool aos não muçulmanos

Sudão autoriza consumo de álcool aos não muçulmanos

O Sudão autorizou hoje o consumo de álcool aos não muçulmanos, que estava proibido desde 1983 naquele país africano, onde a legislação conservadora continua de pé mais de um ano após a queda do ex-Presidente Omar-al-Bechir.

No sábado à noite, o ministro da Justiça, Nasredin Abdelbari anunciou a supressão do artigo 126 do Código Penal relativo à apostasia, que punia com a pena de morte o consumo de álcool.

A emenda “autoriza os não muçulmanos a consumir álcool sem ser em público, desde que não provoquem distúrbios”, afirmou, numa entrevista à televisão pública sudanesa.

O consumo de álcool continua a ser proibido aos sudaneses muçulmanos, que representam cerca de 97% da população do país, de acordo com os números oficiais, tal como acontece desde 1983.

O ex-Presidente Bechir, que chegou ao poder em 1989 após um golpe de estado apoiado por islamitas, foi destituído em abril do ano passado, quatro meses após eclodir um movimento de contestação popular desencadeado pelo aumento do preço do pão.

A decisão de permitir parcialmente o consumo de álcool faz parte de uma série de alterações progressistas aprovadas na sexta-feira pelo Conselho soberano do Sudão, a par da proibição da excisão.

- Publicidade -
- Publicidade -

Ana Gomes: a activista com alma de ONG que não quer ser politicamente correcta

Bastaram duas perguntas para assumir que não trabalha para agradar a todos, mas sim para desagradar a muita gente. Diz que as conquistas lhe...
- Publicidade -

David Quammen: “Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”

Já andou à procura de galinhas com influenza, de morcegos com SARS, e do ébola. Foi perseguido por elefantes, dormiu ao relento e entrevistou...

Juan Carlos, rei emérito de Espanha, tem garagem com carros de sonho

Tal como o seu avô, Alfonso XIII, o monarca é um apaixonado por automóveis e por velocidade desde tenra idade. Vivem-se tempos muito turbulentos na...

TAAG repatria 800 angolanos de Portugal

 Pelo menos 800 angolanos retidos em Portugal desde Março, de um total de dois mil e cem (2.100) que manifestaram interesse em regressar a...

Notícias relacionadas

Ana Gomes: a activista com alma de ONG que não quer ser politicamente correcta

Bastaram duas perguntas para assumir que não trabalha para agradar a todos, mas sim para desagradar a muita gente. Diz que as conquistas lhe...

David Quammen: “Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”

Já andou à procura de galinhas com influenza, de morcegos com SARS, e do ébola. Foi perseguido por elefantes, dormiu ao relento e entrevistou...

Juan Carlos, rei emérito de Espanha, tem garagem com carros de sonho

Tal como o seu avô, Alfonso XIII, o monarca é um apaixonado por automóveis e por velocidade desde tenra idade. Vivem-se tempos muito turbulentos na...

TAAG repatria 800 angolanos de Portugal

 Pelo menos 800 angolanos retidos em Portugal desde Março, de um total de dois mil e cem (2.100) que manifestaram interesse em regressar a...

Universidade Independente de Angola à venda depois de dispensa de trabalhadores

Proprietário da instituição, António Burity da Silva, afirmou no entanto que não se trata de uma falência. A Universidade Independente de Angola (UNIA) está à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.