- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Brasileiro pode ser o primeiro portador de VIH curado apenas com medicação

Brasileiro pode ser o primeiro portador de VIH curado apenas com medicação

Estudo da Universidade Federal de São Paulo conseguiu feito inédito: eliminar o VIH do organismo de um paciente apenas com recurso a medicação.

Um homem de 34 anos com o vírus da imunodeficiência humana (VIH) em São Paulo, Brasil, pode ser a primeira pessoa seropositiva curada usando apenas medicamentos.

O caso, apresentado esta terça-feira num estudo da Universidade Federal de São Paulo, publicado na revista Science, alimenta agora esperanças de que se possa chegar a uma cura para a sida.

O homem foi diagnosticado com VIH em outubro de 2012. Durante 48 semanas (11 meses), foi tratado com uma combinação de antirretrovirais e nicotinamida, substância conhecida por ser a forma ativa da vitamina B3.

Timothy Brown, primeiro homem a ficar curado do HIV, em 2017.
(Foto: Kevin Lamargue / Reuters)

O tratamento foi interrompido em março de 2019 e após 57 semanas (13 meses) sem receber a medicação e a fazer exames regulares, o DNA de VIH nas células do paciente continuou negativo, assim como seu exame de anticorpos de HIV.

A aparente ausência do vírus no sangue do denominado “paciente de São Paulo” leva a crer que o paciente poderá ter sido curado, embora os próprios responsáveis pelo estudo alertem que não dispõem de resultados definitivos suficientes, e que não passou o tempo necessário para se poder confirmar essa possibilidade.

O estudo testou ao todo 30 pacientes, que receberam combinações de medicamentos diferentes, além do tratamento padrão contra o vírus. Nenhum deles apresentou resultados como o paciente de 34 anos.

“Este caso é extremamente interessante, e espero que possa impulsionar estudos adicionais para uma cura para o VIH”, afirmou Andrea Savarino, médico do Instituto de Saúde de Itália que foi um dos líderes do teste, em uma entrevista à instituição NAM Aidsmap.

No entanto, o médico lembra que quatro outros pacientes foram tratados com a mesma mistura de medicamentos, mas não tiveram os mesmos efeitos positivos. “Este resultado muito provavelmente não pode ser reproduzido. Esta é uma primeira experiência [preliminar], e não faria previsões para além disso”, explicou Savarino.

O infectologista Ricardo Sobhie Diaz, ressalvou, em entrevista ao El País, que “ainda não sabemos se ele está curado”.

“Vamos refazer a pesquisa, usando os medicamentos que observamos que funcionaram melhor, e com um novo grupo de pacientes”.

Até agora só duas pessoas tinham sido curadas, através de transplantes de medula de alto risco.

Este é o terceiro caso em todo o mundo de um paciente seropositivo que teve o vírus eliminado do seu organismo, mas é o primeiro que entrou em remissão apenas com tratamento por medicação. Os outros dois foram submetidos a transplantes de medula de alto risco.
O primeiro caso de cura foi registado em 2007, em Berlim. O americano Timothy Ray Brown, seropositvo e com leucemia, recebeu um tratamento com transplante de células- estaminais de um dador com uma mutação genética rara que torna portadores resistentes ao VIH.

Hoje com 54 anos, Thimothy ficou conhecido como “paciente de Berlim”, já que vivia na capital alemã.

Em março deste ano, foi confirmado um segundo caso de cura, também através de transplante de células- estaminais de um dador com gene resistente ao HIV. Adam Castillejo, de 40 anos, ficou conhecido como o “paciente de Londres”, cidade onde o estudo foi realizado.

- Publicidade -
FonteRR
- Publicidade -

Ana Gomes: a activista com alma de ONG que não quer ser politicamente correcta

Bastaram duas perguntas para assumir que não trabalha para agradar a todos, mas sim para desagradar a muita gente. Diz que as conquistas lhe...
- Publicidade -

David Quammen: “Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”

Já andou à procura de galinhas com influenza, de morcegos com SARS, e do ébola. Foi perseguido por elefantes, dormiu ao relento e entrevistou...

Juan Carlos, rei emérito de Espanha, tem garagem com carros de sonho

Tal como o seu avô, Alfonso XIII, o monarca é um apaixonado por automóveis e por velocidade desde tenra idade. Vivem-se tempos muito turbulentos na...

TAAG repatria 800 angolanos de Portugal

 Pelo menos 800 angolanos retidos em Portugal desde Março, de um total de dois mil e cem (2.100) que manifestaram interesse em regressar a...

Notícias relacionadas

Ana Gomes: a activista com alma de ONG que não quer ser politicamente correcta

Bastaram duas perguntas para assumir que não trabalha para agradar a todos, mas sim para desagradar a muita gente. Diz que as conquistas lhe...

David Quammen: “Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”

Já andou à procura de galinhas com influenza, de morcegos com SARS, e do ébola. Foi perseguido por elefantes, dormiu ao relento e entrevistou...

Juan Carlos, rei emérito de Espanha, tem garagem com carros de sonho

Tal como o seu avô, Alfonso XIII, o monarca é um apaixonado por automóveis e por velocidade desde tenra idade. Vivem-se tempos muito turbulentos na...

TAAG repatria 800 angolanos de Portugal

 Pelo menos 800 angolanos retidos em Portugal desde Março, de um total de dois mil e cem (2.100) que manifestaram interesse em regressar a...

Universidade Independente de Angola à venda depois de dispensa de trabalhadores

Proprietário da instituição, António Burity da Silva, afirmou no entanto que não se trata de uma falência. A Universidade Independente de Angola (UNIA) está à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.