- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Benin: Condenação de Léhady Soglo é teimosia política, segundo Me Bocovo

Benin: Condenação de Léhady Soglo é teimosia política, segundo Me Bocovo

O ex-prefeito da cidade de Cotonou, Léhady Soglo, foi condenado a 10 anos de prisão pelo Tribunal de Supressão de Ofensas Económicas e Terrorismo (CRIET) . Um mandado de prisão internacional foi também emitido contra ele. Para o seu advogado, Maitre Alfred Bocovo , essa decisão é política, conforme disse na passada quinta – feira, 2 de Julho de 2020, nas antenas dos colegas da Radio France International (Rfi) .

Boas notícias, de acordo com o advogado que saúda o tribunal por ter libertado de todas as suspeitas as pessoas acusadas de peculato na prefeitura de Cotonou. “Na verdade, devo felicitar Criet pela lucidez que  teve de pura e simplesmente ilibar todas as pessoas, acusadas e processadas antes dele, por todos os crimes pelos quais são acusados, excepto pelo meu cliente, Sr. Léhady Vinagnon Soglo  ”.

As decisões proferidas não reflectem decisões dos juízes, mas são impostas, lamenta Me Alfred Bocovo . “ Temos a sensação de que as decisões são ditadas por outros lugares. Eles não têm escolha a não ser impor sentenças pesadas a pessoas visadas pela justiça”. 

 

 

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.