- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África França/Ruanda: arquivado processo de atentado contra ex-Presidente Habyarimana

França/Ruanda: arquivado processo de atentado contra ex-Presidente Habyarimana

O Tribunal da Relação de Paris confirmou esta sexta-feira o arquivamento do processo de nove ruandeses, próximos do Presidente Paul Kagame, indiciados do atentado contra o avião do ex-Presidente ruandês Habyarimana, considerado o acto que desencadeou o genocídio no Ruanda em 1994, que causou a morte de mais de 800.000 tutsis e hutus moderados.

O Tribunal da Relação de Paris, reunido à porta-fechada, confirmou esta sexta-feira (3/07) e após 20 anos de inquérito, a decisão da justiça anti-terrorista francesa que a 21 de Dezembro de 2018 ordenou o arquivamento do processo contra nove ruandeses, próximos do actual Presidente Paul Kagame, indiciados no atentado perpetrado a 6 de Abril de 1994 contra o avião do ex-Presidente ruandês Juvénal Habyarimana, considerado o acto que desencadeou o genocídio no Ruanda, que causou a morte de mais de 800.000 tutsis e hutus moderados, segundo a ONU.

A audiência durou apenas 20 minutos e os juízes apenas anunciaram a sua decisão, sem qualquer explicação, mas no início da próxima semana as suas motivações serão transmitidas às partes.

O advogado de defesa Léon Lef Forster manifestou o seu “alívio, mas não satisfação” com a sentença que “põe termo a 20 anos de galera e difamação permanente”, mas que não encerra o processo, pois a parte civil – constituída pelos advogados da viúva e família Habyarimana e da tripulação francesa do avião – já anunciou que vai recorrer junto do Supremo Tribunal de Justiça, alegando que “há uma chapa de chumbo sobre este dossier, que tem uma conotação política evidente e omnipresente desde o início do caso”.

O advogado da parte civil Philippe Meilhac afirma que o chefe de Estado ruandês Paul Kagame mobilizou a imprensa do seu país para exprimir o seu desejo de que se encerre definitivamente este processo, em nome da cooperação entre a França e o Ruanda, mas a defesa ainda espera que a justiça francesa ordene a reabertura das investigações, para que ter acesso a um relatório secreto de 2003 do Tribunal Penal Internacional para o Ruanda, que atribuía a responsabilidade do atentado ao clã Kagame.

Quem foi o autor do disparo fatal contra o avião presidencial ?

Os investigadores franceses privilegiaram durante muito tempo a hipótese de rebeldes tutsis adeptos de Paul Kagame, que se tornou Presidente em 2000, mas posteriormente, embora sem provas, orientaram-se para a implicação de extremistas hutus, que se pretendiam libertar do demasiado moderado, segundo eles, Presidente Habyarimana.

Primeira reacção no Ruanda após esta decisão do Tribunal de Recurso, o ministro ruandês da justiça Johnston Busingye escreveu na sua conta Twitter que todo “este dossier foi uma paródia de justiça, uma verdadeira mascarada, que nunca deveria ter acontecido”.

- Publicidade -
FonteRFI
- Publicidade -

Mali: Bah N’Daw nomeado presidente de transição

O ex-ministro da Defesa Bah N’Daw foi hoje nomeado oficialmente para o cargo de presidente de transição. A cerimónia de tomada de posse está...
- Publicidade -

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro sanitário nacional registou, até às 19 horas desta segunda-feira, mais 126 novos casos, dois óbitos e quatro recuperações. No grupo dos 126 novos...

Caso 900 milhões: Carlos São Vicente conhece hoje as suas medidas de coação na PGR

O empresário Carlos São Vicente, suspeito de crime de branqueamento de capitais e peculato, depois de ter visto congelada uma conta sua na Suíça,...

Benguela: Ex-directores do governo provincial condenados

O Tribunal Provincial do Uíge condenou, ontem, Jaime Yamba, ex-director de gabinete do antigo governador Pinda Simão,a quatro anos e seis meses de prisão...

Notícias relacionadas

Mali: Bah N’Daw nomeado presidente de transição

O ex-ministro da Defesa Bah N’Daw foi hoje nomeado oficialmente para o cargo de presidente de transição. A cerimónia de tomada de posse está...

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro sanitário nacional registou, até às 19 horas desta segunda-feira, mais 126 novos casos, dois óbitos e quatro recuperações. No grupo dos 126 novos...

Caso 900 milhões: Carlos São Vicente conhece hoje as suas medidas de coação na PGR

O empresário Carlos São Vicente, suspeito de crime de branqueamento de capitais e peculato, depois de ter visto congelada uma conta sua na Suíça,...

Benguela: Ex-directores do governo provincial condenados

O Tribunal Provincial do Uíge condenou, ontem, Jaime Yamba, ex-director de gabinete do antigo governador Pinda Simão,a quatro anos e seis meses de prisão...

Bolsonaro passa por exames médicos em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro esteve nesta segunda-feira, 21, no serviço médico do Palácio do Planalto, onde realizou exames pré-operatórios para a cirurgia de retirada...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.