- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Advogada de Nito Alves diz que activista angolano é alvo de perseguição...

Advogada de Nito Alves diz que activista angolano é alvo de perseguição em Portugal

A advogada do activista angolano Manuel Chivonde Nito Alves denuncia perseguição contra o seu constituinte em Portugal, depois da abertura de um inquérito pelas autoridades daquele país porque, segundo Marina Caboclo, o activista apenas expressou a sua opinião como fez sempre em Angola.

Nito Alves foi detido na passada sexta-feira, 26, pela polícia portuguesa quando protestava defronte ao Consulado Geral de Angola em Lisboa, Portugal, tendo sido libertado horas depois.

Nito Alves revela que a polícia portuguesa foi chamada pelas autoridades angolanas quando foi ao Consulado Geral de Angola apenas para tratar da sua documentação pessoal, uma vez que perdeu o seu passaporte.

“Fui agredido pela polícia portuguesa quando exigia um salvo conduto, uma vez que perdi o meu passaporte, fui detido porque o cônsul chamou a polícia”, denuncia o activista.

Entretanto, Marina Caboclo, advogada de Nito Alves, diz que o seu constituinte foi humilhado aquando da detenção e que não há razões para a abertura de um inquérito contra o activista em Portugal.

“Nito Alves foi ao consulado tratar do seu passaporte e pedir apoio, ficou abalado quando percebeu que as autoridades angolanas chamaram a polícia”, explica a advogada, para quem Nito Alves é vitima de perseguição política em Portugal.

“Nito não fez nada senão protestar, como faz há anos, como foi no passado com o processo 15+2, no entanto esperamos que o processo seja arquivado”, conclui Caboclo.

Recorde-se, por outro lado, que Nito Alves está a ser processado em Portugal, pela secretária do cônsul angolano, Djamila Denise Carvalho Alberto, e sua assistente, Laura Lopes.

A queixa foi apresentada na sequência de uma manifestação ocorrida em Lisboa em Novembro do ano passado, contra o consulado de Angola naquela cidade.

Segundo a acusação, Nito Alves terá proferido na altura palavras contra as autoridades angolanas, consideradas de insultuosas e caluniosas.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -

Fábrica de material explosivo em zona residencial: Moradores do bairro “Pólvora” vivem em perigo de explosão

Encaixado entre os municípios do Cazenga e de Cacuaco, existe um bairro, “Pólvora”, com centenas de casas ao redor de uma fábrica do produto,...
- Publicidade -

Sete agentes da Polícia Nacional assassinados nos últimos seis meses em Luanda

A Polícia Nacional de Angola (PNA) registou, no primeiro semestre do ano em curso, a ocorrência de 26 casos de efectivos da corporação, vítimas...

Homem armado mantém três reféns na França

Um homem armado com uma pistola mantém pelo menos três reféns no interior de um banco no centro da cidade portuária de Le Havre,...

Libaneses protestam contra governo após mega explosão em Beirute

Dezenas de libaneses se reuniram nesta quinta-feira (6) perto da entrada do Parlamento, em Beirute, para protestar contra o governo, dois dias após uma...

Notícias relacionadas

Fábrica de material explosivo em zona residencial: Moradores do bairro “Pólvora” vivem em perigo de explosão

Encaixado entre os municípios do Cazenga e de Cacuaco, existe um bairro, “Pólvora”, com centenas de casas ao redor de uma fábrica do produto,...

Sete agentes da Polícia Nacional assassinados nos últimos seis meses em Luanda

A Polícia Nacional de Angola (PNA) registou, no primeiro semestre do ano em curso, a ocorrência de 26 casos de efectivos da corporação, vítimas...

Homem armado mantém três reféns na França

Um homem armado com uma pistola mantém pelo menos três reféns no interior de um banco no centro da cidade portuária de Le Havre,...

Libaneses protestam contra governo após mega explosão em Beirute

Dezenas de libaneses se reuniram nesta quinta-feira (6) perto da entrada do Parlamento, em Beirute, para protestar contra o governo, dois dias após uma...

Covid-19: Angola bate novo recorde de casos diários com 88 infecções e Benguela entra para a lista de províncias afectadas pela pandemia

Angola bateu hoje o recorde de casos ao somar mais 88 resultados positivos de covid-19, aumentando para 1.483 o número de infecções pelo novo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.