- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Outras Comandante da esquadra da Boa-fé em Viana morto com dois tiros à...

Comandante da esquadra da Boa-fé em Viana morto com dois tiros à queima roupa durante um assalto

Faustino António Luamba, comandante da esquadra da Boa-Fé no município de Viana, em Luanda, foi assassinado durante um assalto de que foi alvo, na madrugada desta terça-feira,30, nos arredores do bairro do Belo Monte, município de Cacuaco, disse ontem ao Novo Jornal o porta-voz do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional (PN), inspector-chefe Nestor Goubel.

Segundo a polícia, a vítima reagiu a um assalto e foi alvejada com dois tiros, disparados por um grupo de assaltantes, que circulava na calada da noite na circunscrição entre os municípios de Cacuaco e Viana. A morte foi imediata e a fuga dos assaltantes do local foi igualmente rápida.

De acordo com Nestor Goubel, o homicídio aconteceu quando Faustino António Luamba, que se encontrava em trabalho naquela zona, foi surpreendido por um grupo de assaltantes na via pública que tentaram roubá-lo e, na tentativa de reagir, foi morto com disparos de arma de fogo à queima-roupa.

“O nosso efectivo foi assassinado em pleno exercício laboral. Naquele momento o comandante se encontrava com a patrulha da polícia a efectuar serviço de giro com a patrulha e apeado naquele perímetro”, disse Nestor Goubel, em declarações ao NJ.

O oficial acrescentou que os marginais abriram fogo contra o comandante da Polícia Nacional no momento em que a vítima tentou reagir ao assalto no local em que se fazia serviço de patrulhamento pelos efectivos do Comando Municipal de Viana da PN.

“Eles (os marginais) abriram fogo, e efectuaram vários disparos, tendo alvejado o comandante que perdeu a vida no local”, descreveu, salientando que após assassinarem o comandante, os marginais fugiram.

“Em seguida os assaltantes fugiram em diversas motorizadas roubadas. Já há, no local, uma equipa do Serviço de Investigação Criminal Luanda, a realizar diligências com o objectivo de localizar e deter os suspeitos”, armou.

O Novo Jornal soube de fonte do SIC-Luanda que a zona onde foi assassinado o comandante é bastante perigosa e tem sido palco de confrontos entre as forças da ordem e os marginais.

 

- Publicidade -
- Publicidade -

Portugal regista mais 3 mortes e 691 casos de covid-19

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quinta-feira a existência de um total de 1.931 mortes e 71.156 casos de covid-19 em Portugal desde...
- Publicidade -

Assassino de John Lennon pede desculpa 40 anos depois do crime

Mark David Chapman assassinou John Lennon com quatro tiros na noite de 8 de Dezembro de 1980 em Nova Iorque, à frente da mulher...

Covid-19 atrasa processo dos novos professores na Lunda Norte

O processo de inserção dos 489 novos professores no sistema financeiro, na província da Lunda Norte, está condicionado a recepção da documentação enviada aos...

ONU: Bolsonaro responsabiliza imprensa pela crise da Covid no Brasil

Na manhã desta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) discursou na Assembleia Geral da ONU e usou seu espaço para rebater críticas...

Notícias relacionadas

Portugal regista mais 3 mortes e 691 casos de covid-19

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quinta-feira a existência de um total de 1.931 mortes e 71.156 casos de covid-19 em Portugal desde...

Assassino de John Lennon pede desculpa 40 anos depois do crime

Mark David Chapman assassinou John Lennon com quatro tiros na noite de 8 de Dezembro de 1980 em Nova Iorque, à frente da mulher...

Covid-19 atrasa processo dos novos professores na Lunda Norte

O processo de inserção dos 489 novos professores no sistema financeiro, na província da Lunda Norte, está condicionado a recepção da documentação enviada aos...

ONU: Bolsonaro responsabiliza imprensa pela crise da Covid no Brasil

Na manhã desta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) discursou na Assembleia Geral da ONU e usou seu espaço para rebater críticas...

Dinheiro destinado às calamidades pode ser desviado, alerta o CIP

O Centro de Integridade Pública (CIP), acusa o Governo moçambicano de negligenciar a protecção social e alerta que se não forem tomadas medidas, o...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.