- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa Covid-19: Boris Johnson admite "desastre" e Rússia tem mais 9 mil casos

Covid-19: Boris Johnson admite “desastre” e Rússia tem mais 9 mil casos

A pandemia já infectou mais de 10,1 milhões de pessoas em pelo menos 188 países, à data de hoje.

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, este novo coronavírus estará ligado a mais de 501 mil mortos. Mais de 5,1 milhões de pessoas já recuperaram da doença provocada pelo SARS-CoV-2.

Rússia soma mais 6.700 novas infecções e 93 mortes
A Rússia anunciou hoje ter adicionado ao quadro da epidemia mais 6.719 novas infecções e 93 mortes. Nos valores globais, o país some agora 541.156 casos confirmados de Covid-19, incluindo 9.166 óbitos.

Boris Johnson admite “desastre” no Reino Unido
O primeiro-ministro do Reino Unido admitiu hoje que a pandemia “tem sido um desastre” para o país.

“Não vamos minimizar as nossas palavras. Isto tem sido um absoluto pesadelo e o país tem atravessado um profundo choque. Mas é nestes momentos que encontramos a oportunidade para mudar e fazer as coisas melhor. Nós queremos mesmo muito construir melhor, fazer diferente, investir em infraestruturas, nos transportes, na banda larga…” afirmou Boris Johnson, em entrevista à Times Radio, admitindo a realização de um inquérito à resposta do Governo à pandemia, mas mais tarde.

China isola 400 mil pessoas devido a surto
A China voltou a isolar uma comunidade devido a um novo surto de Covid-19 no país onde terá surgida a pandemia. Pelo menos 400 mil pessoas estarão retidas numa cerca sanitária na região de Anxin, peto de Pequim, na província de Hebei.

A china registou hoje 12 novos casos de infecção.

Índia regista recorde diário de infecções
A Índia registou quase 20 mil novas infecções por coronavírus nas últimas 24 horas, um novo recorde, no momento em que vários estados reimpuseram bloqueios parciais ou totais para conter a propagação da covid-19.

A Índia identificou quase 100 mil casos na semana passada, informou o Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, o país identificou 548.318 casos, tornando-se no quarto mais afectado do mundo, depois dos Estados Unidos, Brasil e Rússia.

Já o número total de mortos na Índia é agora de 16.475.

Taxa de desemprego em Macau sobe com a pandemia
A taxa de desemprego de Macau entre Março e maio fixou-se nos 2,4%, uma ligeira subida devido à crise causada pela pandemia da covid-19, indicaram no domingo as autoridades do território.

A população desempregada de Março a maio totalizou 9.700 pessoas, mais 800 do que nos meses de Fevereiro a Abril, explicou em comunicado a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos.

Parque da Disney em Tóquio reabre quarta-feira
O Parque de diversões da Disney em Tóquio, capital do Japão, está a ultimar os preparativos para reabrir quarta-feira após a suspensão da actividade devido à pandemia. A administração vai reduzir a lotação do parque para metade e recomenda aos visitantes o uso de máscara, que não é obrigatória se houver distanciamento devido ao calor previsto na região.

O parque temático da Nintendo, que tinha a inauguração prevista para este verão, decidiu adiar a abertura para o próximo ano devido à Covid-19, noticia o jornal Japan Times.

Tóquio tem vindo a registar um ritmo diário de novas infeções acima da meia centena, tendo as autoridades de saúde registado 60 este domingo.

Novo pedido para suspensão ou perdão de dívida dos países mais pobres
Secretário-geral da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico (OEACP) também defende uma suspensão ou perdão de dívida aos países mais pobres, muitos dos quais afectados pela pandemia da covid-19 em simultâneo com outras crises.

“É a primeira vez que os países da OEACP estão afectados por uma dupla crise: a covid-19 não vem só, a covid implicou paragem das economias, paragem da produção, e houve mesmo países que passaram por crise alimentar, em que não tiveram o que comer”, salienta Georges Chikoti, em entrevista à Lusa, em Bruxelas.

Outras notícias do dia:

Reino Unido divulga hoje a lista de países que serão incluídos nos primeiros “corredores aéreos” com o Reino Unido a partir do início de Julho, havendo ainda dúvidas quanto à inclusão de Portugal. No sábado, a estação pública britânica BBC e o jornal Telegraph davam como certa a inclusão de Portugal na lista dos destinos turísticos que obrigam a quarentena de 14 dias no regresso a casa;

Brasil é o segundo país do mundo mais afectado pela pandemia. De acordo com o levantamento de um consórcio de imprensa junto das secretarias estaduais de Saúde, o maior país da América do Sul registou mais 555 mortes desde sábado e mais 29.313 infecções, chegando agora aos 1,34 milhões de casos confirmados, incluindo 57.658 mortes. Os números do Ministério da Saúde referem 1,34 milhões de casos (+30.476), incluindo 57.622 mortes (+552) e 734 mil pessoas recuperadas

Estados Unidos continuam a ser, de longe, o país mais afectado pelo SARS-CoV-2, com mais de 2,5 milhões de infecções diagnosticadas e quase 126 mil mortos. Desde sábado, a Universidade Johns Hopkins registaram mais 288 mortes e mais de 38 mil infectados por Covid-19. Os números oficiais do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças refere 2,5 milhões de casos (+44.703 novos casos) e 125.484 mortes (+508);

Dois militares portugueses destacados na República Centro-Africana estão infectados com covid-19 e outros 37 militares estão em quarentena profilática, disse à agência Lusa fonte oficial do Estado-Maior-General das Forças Armadas. Segundo o porta-voz do EMGFA, comandante Pedro Santos Serafim, os dois militares em missão naquele país estão assintomáticos e em isolamento;

- Publicidade -
- Publicidade -

“Não se concebe que em 45 anos precisemos comprar água de injecções no estrangeiro”

Euclides Sacomboio é docente no Instituto Superior de Ciências da Saúde (ISCISA) na Universidade Agostinho Neto e fala, nesta entrevista, da necessidade de uma...
- Publicidade -

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Notícias relacionadas

“Não se concebe que em 45 anos precisemos comprar água de injecções no estrangeiro”

Euclides Sacomboio é docente no Instituto Superior de Ciências da Saúde (ISCISA) na Universidade Agostinho Neto e fala, nesta entrevista, da necessidade de uma...

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.