- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Comunidade internacional vai dar ajuda de 1,8 mil milhões de dólares ao...

Comunidade internacional vai dar ajuda de 1,8 mil milhões de dólares ao Sudão

O Sudão vai receber uma ajuda de 1,8 mil milhões de dólares no seguimento de uma videoconferência ontem dos países doadores através da ONU e da União europeia, nomeadamente, co-presidida pelo ministro alemão dos Negócios estrangeiros. É uma nova largada para a reintegração do país, saudou o primeiro ministro do Sudão.

A comunidade internacional prometeu ontem uma ajuda de 1 mil e 800 milhões de dólares ao Sudão, cuja transição democrática está ameaçada por uma grave crise económica acelerada pela pandemia do coronavírus.

Cerca de 40 países reunidos por videoconferência sob a égide da ONU e da União europeia chegaram a acordo sobre o montante do qual 500 milhões de dólares irão para um programa de ajuda às famílias sudanesas.

“Esta videoconferência abre um novo capítulo na cooperação entre o Sudão e a comunidade internacional para a reconstrução do país”, saudou o ministro alemão dos Negócios estrangeiros, Heiko Maas, co-presidente da reunião virtual.

A ajuda é destinada à luta contra a pandemia de Covid-19 e reconstrução do país

A ajuda será nomeadamente destinada ao combate contra a pandemia de Covid-19, tendo o país registado já mais de 8.900 casos de contaminados e mais de 550 mortos.

Paralelamente, os sudaneses estão a sofrer uma penúria de medicamentos provocada por uma queda das importações relacionada com a crise económica.

Para o primeiro ministro sudanês, Abdalla Hamdok, conseguiu-se um resultado sem precedentes que lança “bases sólidas para se continuar com entusiasmo”.

Resta porém a questão da dívida do Sudão calculada em cerca de 70 mil milhões de dólares.

A França, reiterou a disponibilidade para acolher uma conferência de alto nível sobre a redução da dívida sudanesa permitindo uma reintegração plena do Sudão na comunidade económica internacional.

- Publicidade -
FonteRFI
- Publicidade -

Covid-19: Angola com 263 novas infecções e 22 recuperados

O país registou, nas últimas 24 horas, mais 263 novas infecções, duas mortes e 22 pacientes recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...
- Publicidade -

Levantada suspensão a Justino Africano na CNE

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) anunciou, ontem, em Luanda, o levantamento da suspensão do presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) da Lunda-Sul, Justino Africano,...

Senado confirma Amy Coney Barrett juíza do Supremo Tribunal e é empossada pela Presidente

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta segunda-feira, 26, a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal. Como esperado, foram 52 votos a favor...

Sindicato dos Jornalistas Angolanos acusa a Polícia de prestar um mau serviço e não respeitar a Constituição

SJA desafia a PN a justificar o comportamento reiterado de atropelos e ofensas ao direito dos jornalistas. Enquanto o julgamento sumário de cerca de 100...

Notícias relacionadas

Covid-19: Angola com 263 novas infecções e 22 recuperados

O país registou, nas últimas 24 horas, mais 263 novas infecções, duas mortes e 22 pacientes recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...

Levantada suspensão a Justino Africano na CNE

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) anunciou, ontem, em Luanda, o levantamento da suspensão do presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) da Lunda-Sul, Justino Africano,...

Senado confirma Amy Coney Barrett juíza do Supremo Tribunal e é empossada pela Presidente

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta segunda-feira, 26, a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal. Como esperado, foram 52 votos a favor...

Sindicato dos Jornalistas Angolanos acusa a Polícia de prestar um mau serviço e não respeitar a Constituição

SJA desafia a PN a justificar o comportamento reiterado de atropelos e ofensas ao direito dos jornalistas. Enquanto o julgamento sumário de cerca de 100...

Parlamento suspende mandato a deputado do MPLA para responder a processo do Tribunal Supremo

Colaborador próximo de José Eduardo dos Santos, Manuel Rabelais é acusado de peculato e de violação das regras de execução do plano e do...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.