- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Ásia Japão inicia testes do poderoso destróier interceptador de mísseis Haguro

Japão inicia testes do poderoso destróier interceptador de mísseis Haguro

O último dos oito destróieres, planeados pelo Japão e capazes de interceptar mísseis balísticos, iniciou seu período de testes no mar antes de ser comissionado.

Os testes começaram apesar do país asiático avaliar seu próximo passo, após a decisão de suspender planos de introdução de sistemas baseados em terra para este papel, revela a publicação Defense News.

Nesta terça-feira (23), o destróier Haguro deixou o estaleiro da Cooperação Unida da Marinha do Japão em Isogo, próximo à Tóquio, para iniciar seus testes marítimos.

A embarcação deve ser comissionada em 2021. Seus 170 metros de comprimento movem 8,2 mil toneladas a abrigam 96 células do Sistema de Lançamento Vertical Ml 41, capaz de disparar diversos tipos de mísseis, incluindo aqueles usados para a defesa de mísseis balísticos.

O navio Haguro é o segundo da classe Maya para a Força Marítima de Autodefesa do Japão, sendo o oitavo do país a ser equipado com o sistema Aegis Ashore para defesa aérea e de mísseis balísticos.

Contudo, o canal NHK relatou que o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, deve se encontrar com a comunidade de segurança do país nesta semana para retirar o sistema do plano de implantação, buscando uma alternativa.

O canal japonês acrescentou que uma das alternativas seria aumentar a capacidade japonesa de ataque, para possibilitar a realização de disparos de retaliação contra instalações que perpetuem ataques ao território japonês. Porém, isto deve enfrentar uma forte oposição política, incluindo do partido com o qual Abe possui uma coligação de governo.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -

Gilberto Viríssimo: “Angola não está integrada em nenhum dos projectos de estradas regionais por culpa própria”

À frente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), desde 31 de Agosto, o angolano Gilberto Veríssimo, diz, em entrevista...
- Publicidade -

Brasil tem média móvel de 546 óbitos por dia devido ao novo coronavírus

O Brasil registrou nesta terça-feira, 20, uma média móvel de 546 óbitos por dia causados pela covid-19, número que compila dados dos últimos sete...

Novo acordo militar entre Índia e EUA ameaça a neutralidade de Nova Deli face a Pequim

Numa notícia avançada pelo jornal South China Morning Post, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o secretário de Defesa Mark Esper...

MPLA preocupado com geração de postos de trabalho para a juventude

O Bureau Político (BP) do MPLA recomendou, nesta terça-feira, 20, ao Executivo o incremento da promoção do auto-emprego e a geração de postos de...

Notícias relacionadas

Gilberto Viríssimo: “Angola não está integrada em nenhum dos projectos de estradas regionais por culpa própria”

À frente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), desde 31 de Agosto, o angolano Gilberto Veríssimo, diz, em entrevista...

Brasil tem média móvel de 546 óbitos por dia devido ao novo coronavírus

O Brasil registrou nesta terça-feira, 20, uma média móvel de 546 óbitos por dia causados pela covid-19, número que compila dados dos últimos sete...

Novo acordo militar entre Índia e EUA ameaça a neutralidade de Nova Deli face a Pequim

Numa notícia avançada pelo jornal South China Morning Post, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o secretário de Defesa Mark Esper...

MPLA preocupado com geração de postos de trabalho para a juventude

O Bureau Político (BP) do MPLA recomendou, nesta terça-feira, 20, ao Executivo o incremento da promoção do auto-emprego e a geração de postos de...

Última Hora: Homem armado faz vários reféns dentro de um banco na Geórgia

Um homem armado fez hoje à tarde vários reféns, ainda em número incerto, dentro das instalações de um banco na Geórgia, informaram as autoridades...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.