- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Política Executivo reduz institutos públicos e corta cargos de direcção

Executivo reduz institutos públicos e corta cargos de direcção

O Presidente da República, João Lourenço, presidiu hoje à primeira reunião ordinária da Comissão Interministerial para a Reforma do Estado de onde saiu a decisão de reduzir de 144 para 102 os institutos públicos existentes no País. Essa redução diminui, igualmente, os cargos de direcção e chefia, entre directores-gerais, directores adjuntos e chefes de departamento.

De acordo com os relatórios publicados na página CIPRA – Centro de Imprensa da Presidência da República de Angola, o Governo conta poupar mensalmente quase 153 milhões de kwanzas, com remunerações e regalias referentes aos titulares de cargos de direcção e chefia ao nível dos institutos públicos, cujo quadro é actualmente servido por 1.440 titulares.

Depois do redimensionamento dos institutos públicos, e com a extinção de 420 lugares, o quadro dos cargos de direcção e chefia passará a contar com 1.020, o que corresponde à extinção de 420 cargos.

Este redimensionamento surge depois de, em Maio, terem sido aprovados em Conselho de ministros os Estatutos Orgânicos dos novos departamentos ministeriais. Trata-se dos ministérios da Indústria e Comércio; Administração do Território; Defesa e Veteranos da Pátria; Cultura, Ambiente e Turismo; Obras Públicas e Ordenamento do Território; Recursos Minerais, Petróleo e Gás; Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social e da Agricultura e Pescas, que poupará ao estado, segundo o Executivo, 1,4 mil milhões de kwanzas por ano, que serão agora canalizados para educação e saúde.

- Publicidade -
FonteNJ
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.