- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Em audiência no Senado, TSE propõe que eleições sejam adiadas

Em audiência no Senado, TSE propõe que eleições sejam adiadas

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, propôs nesta segunda-feira (22), que as eleições sejam adiadas entre os dias 15 de novembro e 20 de dezembro.

Barroso participou de uma audiência no Senado Federal.

“O TSE propôs ao Congresso o adiamento dentro de uma janela que os médicos sugeriram ser entre 15 de novembro e 20 de dezembro. Essa será uma escolha política do Congresso”, afirmou Barroso, citado pela Agência Brasil.

Os senadores devem votar nesta terça-feira (23) uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata do adiamento das eleições municipais de 2020 em razão da pandemia do novo coronavírus.

Barroso, no entanto, defendeu que as eleições sejam realizadas ainda neste ano para que mandatos em vigor não sejam esticados.

“O consenso que existe é pela não prorrogação de mandatos”, afirmou o ministro.
O calendário eleitoral atual estabelecia que o primeiro e o segundo turnos fossem realizados, respectivamente, nos dias 4 e 25 de outubro.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -

Guiné-Conacri: Oposição denuncia mortes e fraudes nas eleições

Líder da oposição intensifica tensão na Guiné-Conacri após declarar unilateralmente a sua vitória nas eleições. Autoridades eleitorais desqualificam alegações de fraude e comunidade internacional...
- Publicidade -

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Notícias relacionadas

Guiné-Conacri: Oposição denuncia mortes e fraudes nas eleições

Líder da oposição intensifica tensão na Guiné-Conacri após declarar unilateralmente a sua vitória nas eleições. Autoridades eleitorais desqualificam alegações de fraude e comunidade internacional...

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.