Radio Calema
InicioCulturaCinemaWelket Bungué assina curadoria de curtas-metragens afrodescendentes no Young South Film Festival

Welket Bungué assina curadoria de curtas-metragens afrodescendentes no Young South Film Festival

O artista guineense-português Welket Bungué assina a curadoria de curtas-metragens realizadas por afrodescendentes no Young South Film Festival, que decorre online até 29 de Junho.

Welket Bungué quis dar foco a realizadoras afrodescendente. Ana Flávia Cavalcanti, a são-tomense Katya Aragão, Lolo Arziki, a cabo-verdiana Vanessa Fernandes, Yuri Costa e Daniel Santos foram os convidados e convidadas do artista de origem balanta.

“São filmes potentes pela capacidade humanizante que emitem” diz o curador que não vê estas películas como “entretenimento, mas filmes que dão voz aos conteúdos temáticos ali retratados”.

Até 28 de Junho as curtas-metragens estão disponíveis na página de Instagram do festival. Além de espaço para conversas e directos com os realizadores.

Welket Bungué dedica ainda esta curadoria a Cláudia Simões, cidadã de origem angolana que foi violentamente agredida por agentes da polícia no concelho da Amadora, em Lisboa, a 19 de Janeiro de 2020.

Racismo e violência policial são temáticas recorrentes em Welket Bungué que acaba de lançar a sua a curta-metragem Bustagate que designa como “filme hibrido” que “vive de uma intersecção de imagens de três períodos diferentes”. Aqui a homenagem póstuma a Luís Giovani Rodrigues, o estudante cabo-verdiano que morreu em Dezembro de 2019 depois de ter sido agredido por, pelo menos, dez homens em Bragança.

FonteRFI

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.