- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Política UNITA contra contratação de médicos cubanos

UNITA contra contratação de médicos cubanos

O presidente do grupo parlamentar da UNITA, Liberty Chiaka disse não entender a razão por que o Governo contratou mais de 200 médicos cubanos, “quando existem perto de 2.500 médicos angolanos no desemprego”. Chiaca criticou o facto dos médicos expatriados auferirem mais salário em relação aos angolanos, muito dos quais formados nas mesmas universidades, em Havana.

Em conferência de imprensa realizada esta terça-feira, em Luanda, Liberty Chiaka mostrou-se preocupado com uma potencial crise no Sistema Nacional de Saúde, que o país pode vir a testemunhar nos próximos dias, devido a algumas manifestações realizadas por médicos em Luanda e Huambo.

De acordo com o parlamentar, há dois anos que a classe médica apresentou um caderno reivindicativo, que não foi atendido. “Escreveram inclusive para a Sexta Comissão da Assembleia Nacional, mas sem sucesso”, frisou. O Grupo Parlamentar da UNITA prometeu indagar a Sexta Comissão sobre o assunto, a fim de ver resolvidas as preocupações dos médicos.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.