Radio Calema
InicioCovid-19FDA retira autorização do uso de hidroxicloroquina para tratar pacientes com Covid-19

FDA retira autorização do uso de hidroxicloroquina para tratar pacientes com Covid-19

Segundo a imprensa internacional, depois de analisar novas informações, com base em ensaios clínicos, a FDA acredita agora que é “improvável” que hidroxicloroquina tenha efeitos antivirais.

A autoridade de saúde pública norte-americana e responsável pela aprovação de medicamentos, a Food and Drug Administration (FDA) retirou a autorização para a utilização de hidroxicloroquina para tratar dois pacientes infectados com Covid-19.

Os dois pacientes tinham sido autorizados a serem tratados com hidroxicloroquina por motivos de urgência, um tratamento que chegou a ser defendido pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Segundo a imprensa internacional, depois de analisar novas informações, com base em ensaios clínicos, a FDA acredita agora que é “improvável” que hidroxicloroquina tenha efeitos antivirais.

A hidroxicloroquina é um fármaco utilizado na prevenção e no tratamento da malária sensível à cloroquina e trata ainda outras doenças, como a artrite reumatoide, lúpus eritematoso, porfiria cutânea tarda, febre Q e doenças fotossensíveis, sendo administrada por via oral.

Em Abril, cerca de um mês depois de a FDA ter autorizado a utilização de hidroxicloroquina em situações de urgência, a entidade alertou que a sua utilização fora de hospitais ou de ensaios clínicos poderiam causar efeitos secundários, como ataques cardíacos.

Já este mês, dois ensaios clínicos aleatórios concluíram que a hidroxicloroquina não previne a infecção do coronavírus e que não não ajudaram os pacientes hospitalizados.

FonteJE

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.