Radio Calema
InicioMundoEUA'Outras coisas': Trump revela o que fará se perder as eleições de...

‘Outras coisas’: Trump revela o que fará se perder as eleições de 2020 para Biden

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que continuará com outras coisas se perder a eleição de 3 de Novembro, depois que o oponente democrata Joe Biden declarou que o republicano pode trapacear e se recusar a deixar a Casa Branca.

“Certamente, se eu não ganho, eu não ganho. Quero dizer, você sabe, continuarei fazendo outras coisas”, afirmou Trump ao canal Fox News em uma entrevista nesta sexta-feira (12).

À medida que a disputa entre Trump e Biden se aquece antes da eleição, os dois afirmam cada vez mais que o outro lado pretende trair o caminho para a vitória.

Biden, que bate Trump na maioria das pesquisas nacionais, no início desta semana disse que sua maior preocupação era que Trump tentasse “roubar” as eleições, embora o ex-vice-presidente não tenha explicado como ele acha que Trump trapacearia. Biden comentou estar confiante de que os soldados escoltariam Trump para fora da Casa Branca se ele perder e não reconhecer o resultado.

O comentário de Trump à Fox News sugeriu que ele poderia aceitar o resultado da eleição, mas o presidente não o disse especificamente. O porta-voz da campanha de Trump, Tim Murtaugh, avaliou na quinta-feira (11) que Trump aceitaria o resultado. Trump acusou os democratas de tentar usar um aumento na votação por correspondência como uma forma para fraudar a eleição, enquanto Biden prometeu enviar advogados para as secções eleitorais de todo o país para procurar esforços republicanos para suprimir a votação.

Especialistas e autoridades eleitorais estão se preparando para uma noite potencialmente tumultuada nas eleições.

Espera-se um aumento nas votações por correspondência devido a preocupações com a pandemia do novo coronavírus, e especialistas alertam que o processo pode ser prejudicado pelo caos do tipo já visto nas eleições primárias realizadas nos estados durante o surto viral.

Um grande número de cédulas de correio não entregues a tempo de serem lançadas ou contadas pode levar a disputas legais sobre os resultados das eleições. Contar as cédulas por correio também leva mais tempo porque a identidade de um eleitor deve primeiro ser validada, aumentando a perspectiva de que o resultado da eleição não seja conhecido bem após o dia das eleições, afirmam especialistas.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.