- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia ZEE paga 10% de dividendos ao Estado

ZEE paga 10% de dividendos ao Estado

Os lucros ascenderam os 532,71 milhões de Kz em 2019, onde deram entrada 45 projectos de investimento nos sectores da Indústria Transformadora, Hotelaria e Turismo, Saúde, Alimentar, Agro-indústria, bem como Serviços e Comércio, avaliados em cerca de 251,40 milhões USD.

Os resultados líquidos da Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo ascenderam de 192,23 milhões Kz em 2018, para 532,71 milhões Kz no ano passado, dando lugar ao primeiro pagamento de dividendos ao Estado desde que o pólo está operacional, há 11 anos.

A informação está inclusa numa nota de imprensa na qual a ZEE anuncia a realização de um seminário online com a parceira dos Emirados Árabes Unidos, a Dubai Multi-Commodities Center (DMCC), para mobilizar investimentos.

Os dividendos pagos ao Estado situam-se em 10% dos lucros de 532,71 milhões de Kz relativos a 2019, tendo já sido pagos, anuncia o documento que também revela a impossibilidade dos pagamentos ao accionista em 2018, quando os lucros foram usados para cobrir os resultados negativos dos anos anteriores.

Em 2019, adianta o documento, deram entrada na ZEE 45 projectos de investimento nos sectores da Indústria Transformadora, Hotelaria e Turismo, Saúde, Alimentar, Agro-indústria, bem como Serviços e Comércio, avaliados em cerca de 251,40 milhões USD, com o que se prevê a criação de 4.076 postos de trabalho directos.

Quinze desses projectos já estão em fase de implementação com potencial para dar uma nova dinâmica à vocação produtiva da ZEE dentro dos próximos 12 meses, de acordo com a nota em que esses números são divulgados.

Com uma centena de unidades e acima de quatro mil postos de trabalho, a ZEE conta com 67 unidades em operação, números que atribui ao sucesso de um programa baseado na alteração de procedimentos, reavaliação das projecções e o impulsionamento de um conjunto de métodos e programas focados na captação de novos projectos.

A ZEE Luanda-Bengo foi criada em 2009 para atrair investimentos e incentivar a diversificação da economia do País.

- Publicidade -
FonteMercado
- Publicidade -

O Estado da Nação

É importante que saibamos o que é e o que se deve esperar do discurso sobre o Estado da Nação. Assim evitam-se falsas expectativas...
- Publicidade -

Arménia e Azerbaijão não conseguem manter novo cessar-fogo

Arménia e Azerbaijão concordaram este domingo em tentar pela terceira vez um cessar-fogo, mas quase imediatamente voltaram a fazer acusações mútuas de violá-lo. Confrontos...

“Luanda Leaks”: Ana Gomes e Paulo de Morais esperam justiça ampla

Testemunhos da ex-eurodeputada e do ativista a favor de Rui Pinto ainda não têm data marcada, mas ambos têm expetativa de que a Justiça...

Quimbandeiro detido por falsas promessas de milagres

O Serviço de Investigação Criminal (SIC), em Cabinda, deteve três cidadãos, supostamente implicados na prática do crime de burla por defraudação. O caso deu-se quando...

Notícias relacionadas

O Estado da Nação

É importante que saibamos o que é e o que se deve esperar do discurso sobre o Estado da Nação. Assim evitam-se falsas expectativas...

Arménia e Azerbaijão não conseguem manter novo cessar-fogo

Arménia e Azerbaijão concordaram este domingo em tentar pela terceira vez um cessar-fogo, mas quase imediatamente voltaram a fazer acusações mútuas de violá-lo. Confrontos...

“Luanda Leaks”: Ana Gomes e Paulo de Morais esperam justiça ampla

Testemunhos da ex-eurodeputada e do ativista a favor de Rui Pinto ainda não têm data marcada, mas ambos têm expetativa de que a Justiça...

Quimbandeiro detido por falsas promessas de milagres

O Serviço de Investigação Criminal (SIC), em Cabinda, deteve três cidadãos, supostamente implicados na prática do crime de burla por defraudação. O caso deu-se quando...

Dom Afonso Nunes defende que religião e política devem servir as comunidades

O bispo da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo, Dom Afonso Nunes, afirmou ontem, Sábado, que a religião e a política devem...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.