- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mais Ambiente Projecto Otchiva: Embaixada da Bélgica e União Europeia constatam estado dos mangais...

Projecto Otchiva: Embaixada da Bélgica e União Europeia constatam estado dos mangais no Mussulo

Os Mangais que albergam 80% da vida marinha há muito que estão a ser destruídos em toda a orla costeira de Angola para dar lugar a construções de residências, resorts, hóteis, cujos impactos negativos estão a ser minimizados pelo projecto Otchiva que tem se dedicado a protecção e restauração dos mangais.

Segundo apurou o Portal de Angola, desde a sua existência há quatro anos, o projecto Otchiva já reflorestou perto de meio milhão de mangues, sendo que a última campanha de reflorestação, ocorreu em Fevereiro do ano em curso, com a participação do Vice presidente da República de Angola, Bornito de Sousa.

Campanha de reflorestação, em Fevereiro do ano em curso, com a participação do Vice presidente da República de Angola, Bornito de Sousa.
(DR)

Com o objectivo de estarem por dentro das acções de protecção dos mangais e futura definições de estratégias conjuntas para a protecção deste ecossistema, o Projecto reconhecido pela União Africana (UA), mereceu a constatação dos seus resultados este sábado pela Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente, Adjany Costa, pelo Embaixador da Bélgica e representantes da União Europeia em Angola.

A visita de constatação estendeu-se pela orla costeira do Mussulo, no terreno foi ainda possível observar a continuação da destruição dos mangais com o mesmo propósito, “a construção de empreendimentos imobiliários sem o respeito ao ecossistema existente”.

Desde a sua existência há quatro anos, o projecto Otchiva já reflorestou perto de meio milhão de mangues.
(foto cedida)

Para os protectores dos mangais a questão que se coloca é: sendo os mangais berçários da vida marinha, habitat das aves migratórias, protector da orla costeira, e a única fonte de subsistência das comunidades costeiras, para quando a protecção definitiva dos mangais?

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.