- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Destaques Cultura Cidade de Mbanza Kongo requer uma atenção especial

Cidade de Mbanza Kongo requer uma atenção especial

A histórica cidade de Mbanza Kongo, na província do Zaire, elevada à Património Mundial da Humanidade a 8 de Julho de 2017, requer atenção especial quanto à sua conservação e requalificação, com vista a atingir o desenvolvimento socioeconómico pretendido, disse, ontem, o novo administrador municipal de Mbanza Kongo.

Manuel Nsiansoki Gomes, ao receber as chaves da cidade histórica das mãos da antecessora, Nzuzi Makiese Wete Kadi, afirmou que o desenvolvimento de Mbanza Kongo e o aumento de oportunidade de emprego para a juventude constituem premissas para esse processo.Outro factor que pode concorrer para o desenvolvimento socioeconómico da região, segundo o novo administrador municipal, tem a ver com o relançamento da máquina turística, no sentido amplo da palavra.

Segundo o administrador municipal, o saneamento da cidade de Mbanza Kongo constitui também uma prioridade, bem como a conservação do património material e imaterial herdado dos ancestrais, no sentido de tornar os diversos monumentos atractivos aos olhos dos turistas. “Com o apoio da população e das autoridades tradicionais é possível dar solução ao problema da recolha e tratamento dos resíduos sólidos, tanto no casco urbano como na periferia da cidade de Mbanza Kongo”, disse Manuel Nsiansoki Gomes.

A conservação de todo o património material e imaterial e a implementação de outras acções inerentes vão catapultar Mbanza Kongo para níveis turísticos internacionais, de acordo com o administrador municipal. “Mbanza Kongo pretende tornar-se uma região turística de nível internacional, atraindo milhares de turistas nacionais e estrangeiros, em torno de monumentos como o Kulumbimbi, primeira Igreja Católica construída no continente africano à Sul do Equador, o Yala-Nkwo, a árvore mística que verte uma seiva avermelhada semelhante ao sangue, o Museu dos Reis e o Lumbu, tribunal tradicional, regido pelos representantes da corte real”, avançou.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -

Tadej Pogacar entrou na história da Volta a França em bicicleta

A Volta a França em bicicleta acabou no passado domingo 20 de Setembro com o triunfo de uma Nação, a Eslovénia, que conseguiu pôr...
- Publicidade -

Suíça: Educadora portuguesa acusada de maus tratos a crianças em creche

Uma portuguesa de 41 anos foi acusada de maus tratos na creche onde trabalhava na região de Lugano, na Suíça Italiana, anunciou o Ministério...

Trump diz na Assembleia Geral que a ONU deve ‘responsabilizar a China’ pela COVID-19

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse à Assembleia Geral da ONU nesta terça-feira (22) que a China deve ser responsabilizada pelo mundo por...

Morreram 90 das 270 baleias encalhadas na Tasmânia

Morreram pelo menos 90 das 270 baleias que ficaram encalhadas numa área remota da Tasmânia, no sul da Austrália, e os especialistas receiam que...

Notícias relacionadas

Tadej Pogacar entrou na história da Volta a França em bicicleta

A Volta a França em bicicleta acabou no passado domingo 20 de Setembro com o triunfo de uma Nação, a Eslovénia, que conseguiu pôr...

Suíça: Educadora portuguesa acusada de maus tratos a crianças em creche

Uma portuguesa de 41 anos foi acusada de maus tratos na creche onde trabalhava na região de Lugano, na Suíça Italiana, anunciou o Ministério...

Trump diz na Assembleia Geral que a ONU deve ‘responsabilizar a China’ pela COVID-19

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse à Assembleia Geral da ONU nesta terça-feira (22) que a China deve ser responsabilizada pelo mundo por...

Morreram 90 das 270 baleias encalhadas na Tasmânia

Morreram pelo menos 90 das 270 baleias que ficaram encalhadas numa área remota da Tasmânia, no sul da Austrália, e os especialistas receiam que...

África do Sul: Portuguesa morre no hospital após ser agredida em assalto na sua residência

Uma portuguesa de 63 anos foi violentamente agredida num assalto à mão armada à sua residência no norte do KwaZulu-Natal, África do Sul, acabando...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.