- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Polícia de Minneapolis, onde George Floyd foi morto, será desmantelada

Polícia de Minneapolis, onde George Floyd foi morto, será desmantelada

A câmara legislativa da cidade de Minneapolis, no estado de Minnesota, aprovou neste domingo (7) o desmantelamento de seu departamento de polícia, que será reconstruído.

George Floyd, que é negro, foi morto no dia 25 de maio quando estava sob custódia da polícia, ao ser asfixiado devido à pressão exercida durante quase nove minutos contra seu pescoço pelo joelho do policial branco Derek Chauvin. O agente foi acusado de homicídio e deverá se apresentar ante o tribunal nesta segunda-feira (9).

O caso gerou uma onda de protestos contra o racismo e a violência policial nos Estados Unidos e até em outras cidades do mundo.

“Nos comprometemos a desmantelar a polícia como a conhecemos na cidade de Minneapolis e a reconstruir com nossa comunidade um novo modelo de segurança pública, que realmente mantenha nossa comunidade segura”, disse a presidente da assembleia, Lisa Bender, em entrevista para a CNN, segundo publicado pela agência AFP.

O prefeito de Minneapolis, Jacob Frey, disse que é contra a medida, embora defenda reformas para combater o racismo na polícia.

Novo dia de protestos nos EUA
A votação na câmara local acontece após a pressão gerada por duas semanas de protestos nos EUA. Neste domingo (7), houve novas manifestações em dezenas de cidades. Os actos, ao contrário do que aconteceu no início do movimento, terminaram sem confrontos com a polícia.

Em Nova York, que encerrou um toque de recolher decretado no início da onda de protestos, milhares foram às ruas para criticar a brutalidade da polícia.

Na capital Washington, o senador republicano Mitt Romney, um dos poucos em seu partido a manifestar oposição ao presidente Donald Trump, juntou-se aos manifestantes nas proximidades da Casa Branca.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -

França vai rever limite de 30 pessoas em cerimónias religiosas

O Conselho de Estado francês ordenou este domingo ao governo que reveja nos próximos três dias o decreto que limita o número de fiéis...
- Publicidade -

Uíge: Activistas presos quando realizavam uma vigília

Dois foram libertados e três continuam detidos A Polícia Nacional (PN) de Angola deteve no sábado, 29, cinco membros do projecto político CRENTES-PJ, liderado pelo...

Desmantelados 285 grupos de marginais

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou, desde Janeiro do corrente ano, 285 grupos de marginais, que se dedicavam à prática de crimes violentos,...

Masfamu controla 941 mil idosos

O Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (Masfamu) tem o registo de 18 lares e quatro casas-lares, em 12 províncias, e...

Notícias relacionadas

França vai rever limite de 30 pessoas em cerimónias religiosas

O Conselho de Estado francês ordenou este domingo ao governo que reveja nos próximos três dias o decreto que limita o número de fiéis...

Uíge: Activistas presos quando realizavam uma vigília

Dois foram libertados e três continuam detidos A Polícia Nacional (PN) de Angola deteve no sábado, 29, cinco membros do projecto político CRENTES-PJ, liderado pelo...

Desmantelados 285 grupos de marginais

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou, desde Janeiro do corrente ano, 285 grupos de marginais, que se dedicavam à prática de crimes violentos,...

Masfamu controla 941 mil idosos

O Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (Masfamu) tem o registo de 18 lares e quatro casas-lares, em 12 províncias, e...

Mulher se apresenta à polícia e diz que matou chargista que estava desaparecido em MS

Uma mulher, que teria uma relação amorosa com o chargista Marco Antônio Rosa Borges, 54, se apresentou à polícia na última terça-feira (24), em...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.