- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ciências e Tecnologia 'Imagem invertida' do Sol e da Terra teria sido encontrada nas profundezas...

‘Imagem invertida’ do Sol e da Terra teria sido encontrada nas profundezas do espaço

Pesquisadores alemães e norte-americanos descobriram um exoplaneta potencialmente habitável e sua estrela anfitriã, que seriam uma “imagem invertida” da Terra e do Sol.

A informação foi divulgada no dia 4 de Junho pelo Instituto Max Planck para pesquisa do Sistema Solar.

O exoplaneta KOI-456.04 tem pelo menos o dobro do tamanho da Terra e orbita a aproximadamente três mil anos-luz do Sistema Solar, em torno da Kepler-160, uma estrela similar ao Sol.

Segundo pesquisadores, o KOI-456.04 está localizado em uma região da zona estelar habitável – faixa de distância ao redor de uma estrela que admite água superficial líquida em um planeta similar à Terra – que se compara à posição da Terra ao redor do Sol.

“O KOI-456.01 é relativamente grande comparado com muitos outros planetas considerados potencialmente habitáveis. Porém é a combinação deste tamanho […] e sua estrela anfitriã do tipo solar que o torna tão especial e familiar”, detalhou o pesquisador principal, René Heller.
Além disso, a quantidade de luz que recebe o planeta de sua estrela anfitriã é de aproximadamente 93% da luz solar recebida na Terra.

“Se o KOI-456.04 possui uma atmosfera inerte com um leve efeito estufa similar ao da Terra, então sua temperatura superficial seria de cinco graus Celsius em média, sendo aproximadamente 10 graus a menos que a temperatura global em média da Terra”, cita estudo publicado na revista Astronomy and Astrophysics.

No entanto, especialistas também ressaltaram que é preciso mais dados para declarar formalmente o KOI-456.04 como planeta.

“Actualmente, não podemos descartar completamente que o KOI-456.04 seja, de fato, um erro estatístico ou um erro de medição sistemático no lugar de um verdadeiro planeta”, cita especialista.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.