- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Covid-19 por concelho. Sintra ultrapassa Vila Nova de Gaia e Proença-a-Nova passa...

Covid-19 por concelho. Sintra ultrapassa Vila Nova de Gaia e Proença-a-Nova passa a integrar lista da DGS

Sintra, Loures, Lisboa e Amadora são os concelhos que registam o maior aumento de novos casos de infeção. Em Portugal, 24 municípios registam um aumento de casos de Covid-19, nas últimas 24 horas. Os dados da Direção-Geral da Saúde revelam a totalidade de notificações médicas no sistema SINAVE, mas deixam de fora notificações laboratoriais.​

Dados divulgados esta segunda-feira, no boletim epidemiológico diário da Direção-Geral da Saúde (DGS), revelam que há 229 concelhos portugueses com, pelo menos, três casos confirmados de Covid-19.

Proença-a-Nova, município pertencente ao distrito de Castelo Branco, passou a fazer parte da lista da DGS, ao registar os primeiros três casos positivos de infeção por Covid-19.

Segundo o mesmo documento, nas últimas 24 horas, registaram-se 192 novos casos em todo o país. No entanto, os dados referentes aos concelhos, dão conta de apenas 91% destes novos casos diários. À Renascença, a Direção Geral da Saúde adianta que “existem sempre acertos nos dados por concelhos, quer por atraso de notificação, quer por relocalização do utente em área de residência”.

O diretor do serviço de doenças infecciosas do Hospital Curry Cabral tinha já admitido, também em entrevista à Renascença, atrasos no registo dos dados no SINAVE.

Sintra (+57), Loures (+27), Lisboa (+26) e Amadora (+21) são os concelhos que registam o maior aumento de infeções, nas últimas 24 horas, segundo a lista da DGS. De acordo com o mesmo boletim, 24 concelhos registam, pelo menos, mais um caso confirmado de Covid-19 face ao dia anterior e nove concelhos somam mais de mil infetados – Lisboa, Vila Nova de Gaia, Sintra, Porto, Matosinhos, Braga, Loures, Gondomar e Amadora.

Sabendo que a contabilização não será relativa ao total dos casos – nem acompanhará em simultâneo os dados reportados pelas autarquias – a DGS optou por disponibilizar apenas dados do SINAVE, sistema nacional de vigilância epidemiológica (91% do total de casos confirmados).

Lisboa ocupa o topo da tabela com um total 2.640 infetados com o novo coronavírus. Sintra (1.615) foi o concelho que registou o maior aumento de casos diários, ultrapassando agora Vila Nova de Gaia (1.592). 285 concelhos mantêm o número de infetados face ao dia anterior.

Portugal volta a registar menos de 200 novos casos num dia, quase uma semana depois. Algo que pode estar ligado à habitual redução do número de casos à segunda-feira. A contagem total é de 1.485 mortes (mais seis que no domingo) e 34.885 casos (mais 192, o que supõe um aumento de 0,6%) confirmados de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Na conferência de imprensa de atualização da situação pandémica em Portugal, o secretário de Estado da Saúde pediu cautela na apreciação do número “aparentemente mais animador” de novos casos desta segunda-feira, tendo em conta, precisamente, o referido fenómeno de “certa subnotificação de casos devido ao fim de semana”.

“Estima-se que os números se mantenham na ordem de grandeza dos dias anteriores e espera-se que leve ainda algum tempo até que comece a haver um decréscimo significativo”, frisou António Lacerda Sales.

Dos novos casos, 149 (77,6%) foram detetados na região de Lisboa e Vale do Tejo, que é, neste momento, o epicentro da pandemia em Portugal.

O relatório desta segunda-feira, com dados atualizados até às 00h00 de domingo, mostra uma subida de 161 no número de recuperados, para um total de 21.156 (60,64% dos casos confirmados). O número de casos ativos sobe para 12.244 (mais 25).

A taxa de letalidade mantém-se nos 4,3% (17,5% acima dos 70 anos).

Desde o dia 1 de janeiro, registaram-se 339.624 casos suspeitos. O relatório revela, ainda, que 1.603 casos ainda aguardam os resultados dos testes laboratoriais e mais de 28 mil pessoas estão sob vigilância das autoridades sanitárias.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (807), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (403), da região Centro (244), do Algarve (15) e do Alentejo, com um morto. O boletim dá conta de 15 óbitos nos Açores. O arquipélago da Madeira continua sem registo de mortes por Covid-19.

É nos 80 anos para cima que se registam mais óbitos (1.004), seguido do grupo dos 70 aos 79 anos (283), dos 60 aos 69 anos (131), dos 50 aos 59 anos (47), dos 40 aos 49 anos (17), dos 20 aos 29 anos (2) e dos 30 aos 39 anos, com um óbito.

No total, morreram 749 mulheres e 736 homens com Covid-19.

O Norte continua a ser, em termos cumulativos, a região mais afetada (16.948 infeções – cerca de 48,58%). Seguem-se Lisboa e Vale do Tejo (13.222), Centro (3.826), Algarve (389), Alentejo (268), Açores (142) e Madeira (90 – número que não muda desde 7 de maio).

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Portugal regista mais 2.535 infectados e 16 mortes

Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 2.535 infetados pelo novo coronavírus, e 16 mortes associadas à Covid-19, revela o boletim epidemiológico da Direção-Geral...
- Publicidade -

Moçambique no Conselho de Segurança da ONU? Portugal deverá apoiar

O ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, diz que Portugal está aberto a apoiar uma candidatura de Moçambique a membro não-permanente do...

Nove pessoas da mesma família morrem após comerem macarrão instantâneo

Nove pessoas da mesma família morreram, na China, vítimas de intoxicação alimentar, depois de ingerirem macarrão instantâneo congelado. A polícia local revelou que a massa,...

Parlamento angolano analisa levantamento de imunidades a deputado e antigo ministro da Comunicação Social

Manuel Rabelais, um dos mais próximos colaboradores de José Eduardo do Santos, é acusado de peculato e lavagem de capitais. A Comissão de Mandatos, Ética...

Notícias relacionadas

Covid-19: Portugal regista mais 2.535 infectados e 16 mortes

Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 2.535 infetados pelo novo coronavírus, e 16 mortes associadas à Covid-19, revela o boletim epidemiológico da Direção-Geral...

Moçambique no Conselho de Segurança da ONU? Portugal deverá apoiar

O ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, diz que Portugal está aberto a apoiar uma candidatura de Moçambique a membro não-permanente do...

Nove pessoas da mesma família morrem após comerem macarrão instantâneo

Nove pessoas da mesma família morreram, na China, vítimas de intoxicação alimentar, depois de ingerirem macarrão instantâneo congelado. A polícia local revelou que a massa,...

Parlamento angolano analisa levantamento de imunidades a deputado e antigo ministro da Comunicação Social

Manuel Rabelais, um dos mais próximos colaboradores de José Eduardo do Santos, é acusado de peculato e lavagem de capitais. A Comissão de Mandatos, Ética...

Jovem que abandonou filho no lixo condenada a nove anos de prisão

A 1ª e a 9ª comissões vão levar a discussão a suspensão de mandato e retirada de imunidades ao antigo ministro da Comunicação Social...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.