Radio Calema
InícioAngolaPolíticaPresidência da Comissão Económica da Comunidade dos Estados da África Central entregue...

Presidência da Comissão Económica da Comunidade dos Estados da África Central entregue a Angola

Angola vai presidir à Comissão Económica da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) nos próximos cinco anos.

O Conselho de Ministros da Comunidade Económica dos Estados da África Central aprovou, por consenso, o candidato de Angola, o embaixador Gilberto da Piedade Veríssimo, expressa uma nota do Ministério das Relações Exteriores (MIREX), que revela que a proposta foi apresentada na IX sessão extraordinária do CEEAC, realizada entre quarta e quinta-feira.

A proposta será agora submetida à análise dos chefes de Estado e de Governo da organização regional.

No encontro, realizado por videoconferência, os participantes discutiram e aprovaram, entre outros assuntos, as modalidades de eleição dos membros da Comissão da CEEAC, a situação política e de segurança na República Centro-Africana, com base num relatório do secretário-geral da organização, elaborado pelo Mecanismo de Alerta da África Central (MARAC).

No âmbito do processo de selecção dos membros da nova Comissão está previsto o preenchimento das vagas para os cargos de vice-presidentes de Comissões para os Assuntos Políticos, Paz e Segurança, do Mercado Comum e Assuntos Económicos, Monetários e Financeiros; Meio Ambiente, Recursos Naturais, Agricultura e Desenvolvimento Rural; Administração do Território e Infra-Estruturas; Promoção do Género, Desenvolvimento Humano e Social, adianta o documento do MIREX.

Sobre o Projecto de Estratégia Regional contra a pandemia da COVID-19, ficou decidido que os ministros da Saúde dos Estados membros se reúnam para apreciar a questão.

Integram a CEEAC Angola, Burundi, Camarões, Chade, Gabão, Guiné Equatorial, República Centro Africana, República do Congo, República Democrática do Congo, Ruanda e São Tomé e Príncipe.

FonteNJ

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.